Popular Tags:

40% reprovam governo Bolsonaro e 31% aprovam, aponta pesquisa Datafolha

22 de janeiro de 2021 at 21:20

No levantamento anterior, de dezembro, 37% consideram governo ótimo ou bom e 31%, ruim ou péssimo. Para 42%, Bolsonaro deve sofrer impeachment; 53% são contra.

Por G1 — Brasília

Levantamento do instituto Datafolha divulgado na tarde desta sexta-feira (22) pelo site do jornal “Folha de S.Paulo” informa que cresceu a reprovação ao governo do presidente Jair Bolsonaro diminuiu a aprovação.

Em resumo, os resultados da pesquisa são os seguintes:

  • Ótimo/bom: 31%
  • Regular: 26%
  • Ruim/péssimo: 40%
  • Não sabe: 2%

A pesquisa ouviu 2.030 pessoas nestas quarta (20) e quinta (21) por telefone em razão das limitações motivadas pela pandemia de Covid-19. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos.

De acordo com o Datafolha, 40% dos entrevistados classificaram o governo como ruim ou péssimo — eram 32% no levantamento anterior, entre 8 e 10 de dezembro.

Os que consideravam o governo ótimo ou bom eram 37% e agora são 31% e os que julgavam regular eram 29% e agora são 26%, segundo o instituto.

Segundo o levantamento, 53% dos entrevistados rejeitam o impeachment de Bolsonaro e 42% são favoráveis.

Confiança

O Datafolha aferiu o grau de confiança dos entrevistados em relação às declarações de Bolsonaro:

  • Nunca confiam: 41% (eram 37% na pesquisa anterior)
  • Às vezes confiam: 38% (eram 39%)
  • Sempre confiam: 19% (eram 21%)
  • Não sabem: 2% (eram 3%)

Gestão da crise

  • Acham o presidente capaz: 46% (eram 45%)
  • Acham o presidente incapaz: 52% (eram 50%)

A 3 dias do julgamento do foro no caso das ‘rachadinhas’, Flávio Bolsonaro se encontra com Wassef

22 de janeiro de 2021 at 20:23

Por Andréia Sadi e Cecilia Flesch

22/01/2021 17h20  Atualizado há 2 horas


Flávio Bolsonaro e Frederick Wassef desembarcam juntos no Santos Dumont

Flávio Bolsonaro e Frederick Wassef desembarcam juntos no Santos Dumont

A três dias do julgamento no Tribunal Regional do Rio de Janeiro para definir a competência do caso das “rachadinhas”, o senador Flávio Bolsonaro e o advogado Frederick Wassef se encontraram nesta sexta-feira (22). Eles voaram juntos, de São Paulo para o Rio de Janeiro. A TV Globo registrou imagens dos dois no aeroporto Santos Dummont e também obteve registros da dupla dentro do voo.

O blog procurou Wassef para saber o motivo do encontro e da viagem, mas ele não havia retornado as ligações até a última atualização deste post. Procurado por meio da assessoria, o senador não se manifestou.

Wassef e Flávio Bolsonaro no aeroporto Santos Dumont — Foto: Jorge Faria/GloboNews

Wassef e Flávio Bolsonaro no aeroporto Santos Dumont — Foto: Jorge Faria/GloboNews

Wassef foi advogado de Flávio Bolsonaro no caso das “rachadinhas”, cujo pivô é Fabricio Queiroz, ex-assessor de Flávio na Alerj. Wassef foi obrigado a deixar o caso em julho de 2020, quando a Polícia Federal prendeu Queiroz na casa do advogado em Atibaia (SP).

Ao blog, na época, Wassef disse que Flavio e Jair Bolsonaro não sabiam onde estava Fabricio Queiroz. À Globonews, em 2019, Wassef chegou a dizer que não conhecia Queiroz.

Diante do episódio, Wassef foi obrigado a deixar o caso – e vinha dizendo que não mantinha mais relações com Flávio Bolsonaro. No Planalto, a ideia era afastar Wassef para evitar maiores desgastes para o presidente e seu filho.

Na próxima segunda-feira (25), os desembargadores deverão decidir se o processo envolvendo o filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e um suposto esquema de “rachadinha” volta para a primeira instância ou continua no órgão especial.

Nesta sexta-feira, a defesa de Flávio pediu ao STF a suspensão do julgamento marcado para segunda.

DESAPARECIDA

22 de janeiro de 2021 at 19:26

ovem de 19 anos desaparece misteriosamente ao mudar de estado para trabalhar

Família procura desesperadamente por Geovana Albuquerque Gomes.

Com informações de CM7

Geovana Albuquerque Gomes está desaparecida.

 Geovana Albuquerque Gomes está desaparecida. |

oliciais da Delegacia Especializada em Ordem Política e Social (Deops), solicitam ajuda da população para localizar Geovana Albuquerque Gomes, 19, que desapareceu em novembro de 2020, data precisa não informada, quando saiu da casa de seus pais, na rua Irmã Dulce, bairro Colônia Terra Nova, zona norte de Manaus, sem dizer para onde iria.

De acordo com o Boletim de Ocorrência (BO) registrado na Deops, na manhã de sexta-feira (22), Nilson Barbosa, 40 anos, pai de Geovana, informou que desde que a filha saiu de casa, ela ainda mantinha contato diário com a família, oportunidade em que disse que estava residindo e trabalhando na cidade de Belo Horizonte, em Minas Gerais. Porém, a mesma não mencionou com quem e onde trabalhava.

Segundo o BO, na manhã de hoje, a jovem encaminhou ao seu genitor, vídeo, áudios e localização de onde se encontra, pedindo ao mesmo que compre uma passagem aérea de volta para Manaus, pois segundo ela, sua liberdade está sendo restringida. Desde então o celular da vítima está desligado e a mesma sem dar notícias à família.

A delegada Catarina Torres, titular da Especializada, solicita a quem tiver informações sobre a localização de Geovana que entre em contato com a Deops, por meio do telefone (92) 3214-2268 ou pelo 181, o disque-denúncia da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM).

ALERTA MÁXIMO

22 de janeiro de 2021 at 18:42

Em áudio, prefeito pede que cultos evangélicos sejam evitados em cidade paraense

Segundo chefe do executivo, Itaituba está com capacidade máxima de leitos

Diario Online

| Reprodução

A segunda onda da covid-19 no Pará começa a causar preocupação entre os prefeitos, como é o caso da cidade de Itaituba, sudoeste paraense, onde o chefe do executivo municipal sugeriu a proibição de cultos evangélicos na cidade.

O prefeito Valmir Climaco alertou a população sobre a realização de eventos evangélicos no município, uma vez que os idosos comparecem em grande número. Vale lembrar que pessoas acima de 60 anos são considerados grupo de risco da covid-19.

Para completar o alerta, os 14 leitos disponibilizados na Unidade de Pronto Atendimento da cidade estão lotados, sendo que dez são de enfermaria e quatro são de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

A secretária de saúde tem divulgado diariamente o boletim da covid-19 no município, onde somente nesta semana, foram contabilizadas seis mortes de pessoas acima de 60 anos. 

FATALIDADE

22 de janeiro de 2021 at 17:09

Turista se desequilibra, cai de ponte e some em rio no interior do Pará, veja

O momento do acidente foi filmado com o próprio celular da vítima, que estava nas mãos da sobrinha dele

 Com informações Portal de Carajás

Uma equipe do Corpo de Bombeiros está no Rio Itacaiúnas, em Marabá, sudeste paraense, tenta localizar um idoso, identificado como senhor José Ribeiro de Cristo, de 64 anos.

De acordo com os militares, o homem é um turista que estava filmado e fotografado sobre a ponte, mas acabou despencando e sumindo nas águas.

Ainda segundo os militares, o momento do acidente foi filmado com o próprio celular da vítima, que estava nas mãos da sobrinha dele e que foi testemunha ocular do ocorrido. A sobrinha da vítima disse a polícia que José se colocou na situação arriscada ao transpor o guarda-corpo da ponte e ainda brincou sobre a possibilidade de cair. Segundos depois o acidente aconteceu.

Na filmagem é possível ouvir quando Nailda dos Santos, de 50 anos, sobrinha de José, o alerta sobre o perigo de cair, mas, ao sentir segurança nele, ela exalta o feito da posição em que ele estava pendurado, com o corpo para fora da ponte. De repente, José se desequilibra. Nailda joga o telefone ao chão e tenta segurá-lo, sem sucesso. Desesperada, ela grita por socorro e logo chega um outro homem que tenta avistar o idoso na água.

Assista o vídeo!

José é natural de Rio Branco do Sul (PR), aposentado, estava no município para comprar um imóvel para onde se mudaria.

INVESTIGAÇÃO

22 de janeiro de 2021 at 16:09

Adolescente morre após ir a motel com homem mais velho

Menina teria sofrido uma hemorragia; laudo irá apontar a causa da morte

 Com informações RICMAIS.COM

A jovem de 16 anos, morreu após ir a um motel com um homem de 29 anos

A jovem de 16 anos, morreu após ir a um motel com um homem de 29 anos | Reprodução/Arquivo pessoal

ma adolescente, de 16 anos, morreu na tarde desta quarta-feira (20), após ir a um motel com um homem de 29 anos, em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.

De acordo com a família da vítima, Lívia teria pedido autorização para ir ao shopping com o rapaz, entretanto, uma hora depois, a mãe recebeu a notícia de que a filha estava na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade. 

A Polícia Civil aguarda a conclusão do laudo do Instituto Médico Legal (IML) para verificar a causa da morte da jovem. Segundo informações, a menina tinha sangramento na cabeça e também nas partes íntimas. O homem que estava com ela no motel foi preso em flagrante. Na ficha criminal, Lucas conta com passagens por tentativa de homicídio, porte ilegal de arma, receptação e furto qualificado.

A família de Lívia contou a polícia que a adolescente conheceu Lucas Nascimento de Carvalho, de 29 anos, pelas redes sociais. E, nesta quarta-feira, Lívia pediu para ir ao shopping com o rapaz para assistir um filme, entretanto, a filha não voltou mais para casa.

Aprovação a Bolsonaro despenca de 37% para 26% em uma semana, aponta pesquisa

22 de janeiro de 2021 at 14:41

Por Congresso Em Foco 

Pesquisa divulgada nesta sexta-feira (22) pela revista Exame feita pelo instituto IDEIA mostra que caiu de 37% para 26%, na última semana, a aprovação à gestão do presidente Jair Bolsonaro. É a maior queda semanal registrada pelo instituto desde o início do atual governo. A crise em Manaus, com o desabastecimento de oxigênio em hospitais, a indefinição no calendário de vacinação e o fim do auxílio emergencial são os principais motivos da queda, de acordo com os organizadores da pesquisa.

Já a desaprovação ao governo saltou de 37% para 45% desde o último dia 14. A rejeição do presidente é maior nos estratos de maior renda e de maior escolaridade. Entre os que ganham mais de cinco salários mínimos, 58% não aprovam a gestão do presidente. No grupo dos que têm ensino superior, 64% desaprovam o governo federal.

“A dinâmica dos sérios problemas em Manaus junto a falta de perspectivas sobre um cronograma de vacinação e o fim do auxílio emergencial constituem os principais fatores que levam à queda de popularidade do presidente”, diz Maurício Moura, fundador do IDEIA.

O levantamento foi realizado por telefone, em todas as regiões do país, entre os dias 18 e 21 de janeiro. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos.

Veja a íntegra da pesquisa:

IMUNIZAÇÃO

22 de janeiro de 2021 at 13:15

Covid-19: Governo do Pará pede doses extras de vacina para o Baixo Amazonas

Pedido foi feito pelo governador Helder Barbalho, ao Ministério da Saúde.

Diário Online

Helder Barbalho pediu ao Ministério da Saúde, doses extras da vacina contra a Covid-19.

 Helder Barbalho pediu ao Ministério da Saúde, doses extras da vacina contra a Covid-19. | Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde

O governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), pediu ao Ministério da Saúde, que aumente a cota de doses de vacina contra a Covid-19 destinada ao Pará para imunizar moradores de municípios do estado localizados na divisa com o Amazonas.

Governo proíbe festas, shows e funcionamento de bares no Pará 

Ainda segundo o governador, em uma publicação feita no Twitter, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, já garantiu que irá disponibilizar um número extra de doses da vacina contra a Covid-19. 

Com o aumento na quantidade de pessoas vacinadas, o governo pretende construir uma barreira imunológica para a faixa etária com maior risco de contágio e, consequentemente, de óbitos, no extremo oeste do Pará, onde estão os municípios de Faro, Juruti e Terra Santa. 

BANDEIRAMENTO

O governador já havia anunciado esta semana, a mudança de bandeiramento na Região Metropolitana, Marajó Oriental e Tocantins, que passam se verde, que é risco baixo, para amarelo, que quer dizer risco intermediário. 

Com isso, estão proibidas festas, shows e funcionamento de bares, sendo permitido apenas restaurantes respeitando os espaçamento e limite de pessoas, até meia noite, em todo território paraense.

De acordo com o Governo do Pará, as medidas mais restritivas são tomadas preventivamente para impedir o avanço da Covid-19 no estado.

Entenda as bandeiras que classificam as zonas por nível de riscos

AMARELA: A bandeira amarela significa que a capacidade hospitalar está em risco, mas com evolução da doença relativamente controlada.

LARANJA: Significa que a capacidade hospitalar está em risco com evolução da doença em caso de atenção.

VERMELHA: Mostra que a capacidade hospitalar está em risco com evolução acelerada da doença.

CALENDÁRIO

22 de janeiro de 2021 at 09:49

Feriado de Carnaval é confirmado; veja todos os pontos facultativos de 2021 no Pará

Os expedientes da Administração Pública deverão ser compensados com o acréscimo de uma hora a mais na jornada diária normal de trabalho, nos seis dias úteis subsequentes aos dias facultados

Diário do Pará

Feriados municipais ainda serão avaliados.

Feriados municipais ainda serão avaliados. | Freepik

Governo do Pará divulgou ontem, no Diário Oficial do Estado (DOE), os feriados nacionais, estaduais e pontos facultativos para 2021, a serem cumpridos por órgãos e entidades da administração pública direta e indireta.

Com o ato em vigor, a prestação de serviço não sofrerá qualquer prejuízo, pois os órgãos e entidades das áreas de arrecadação, saúde pública, defesa social, parques, museus, teatros e espaços de visitação turística estabelecerão escalas de serviço, incluindo os equipamentos públicos administrados por organizações sociais mediante contrato de gestão.

Os expedientes deverão ser compensados com o acréscimo de uma hora a mais na jornada diária normal de trabalho, nos seis dias úteis subsequentes aos dias facultados, e os expedientes dos dias 4 de junho, 6 de setembro, 11 de outubro e 1º de novembro serão estendidos até às 18h. Os expedientes dos dias 17 de fevereiro e 25 de outubro também serão estendidos até às 18h.

Os pontos facultativos dos dias 24 e 31 de dezembro de 2021 serão compensados com o acréscimo de 1 hora à jornada diária normal de trabalho nos dias 27, 28, 29 e 30 de dezembro deste ano e 3, 4, 5, 6, 7,10, 11 e 12 de janeiro de 2022.

A Secretaria de Estado de Planejamento e Administração (Seplad) poderá, por meio de Portaria, alterar as datas definidas no decreto.

Feriados municipais

Os feriados declarados em lei municipal, incluídos a Sexta-feira da Paixão e Nossa Senhora da Conceição, serão observados pelos órgãos e entidades da administração pública estadual, direta e indireta, nas respectivas localidades.

Abaixo-assinado por impeachment de Bolsonaro tem quase 30 mil apoios

22 de janeiro de 2021 at 08:55

Por Marina Oliveira  congressoemfoco

Palácio do Planalto. Governo sancionou novas leis com crédito suplementar [fotografo]Anderson Riedel/PR[/fotografo]

Apoiadores de Bolsonaro em 2018, Vem pra Rua e MBL agora querem tirá-lo do Palácio do Planalto

Movimento Brasil Livre (MBL), o Vem Pra Rua e o ex-candidato a presidente pelo Novo João Amoêdo lançaram nesta quinta-feira (21) um abaixo-assinado em defesa da abertura de processo de impeachment contra Jair Bolsonaro.

Veja o abaixo-assinado

Pelas redes sociais, Amôedo disse que o presidente é “um mal para o Brasil” e que caberá ao povo “o dever de trabalhar para que ele seja afastado”.

Até às 7h30 desta sexta-feira (22), mais de 27 mil pessoas já tinham assinado o pedido.

Confira o texto do abaixo assinado na íntegra:

Estamos diante de uma situação inaceitável, onde o Presidente da República desrespeita a Constituição, comete crimes de responsabilidade, coloca em risco o Estado Democrático de Direito e, infelizmente, a vida de milhares de brasileiros.

Mas existe um remédio para esse quadro e está previsto em Lei. É o impeachment do Presidente da República. O impeachment é um processo jurídico e político. Isso equivale a dizer que presentes as condições jurídicas para dar-se o impedimento do presidente é necessário um ambiente político favorável.

As condições jurídicas encontram-se configuradas e foram fornecidas pelas ações irresponsáveis do presidente Jair Bolsonaro.

  • Crime contra a probidade na administração, procedendo de modo incompatível com a dignidade, a honra e o decoro do cargo (Art. 9, 7, da Lei 1079/50) e infringir no provimento dos cargos públicos as normas legais (Art. 9, 5, da Lei 1079/50).
  • Crime contra o livre exercício do poder judiciário por oposição direta e por fatos ao seu livre exercício (Art. 6, 5, da Lei 1079/50).
  • Crime contra o livre exercício do direito individual ao se servir das autoridades sob sua subordinação imediata para praticar abuso do poder, ou tolerar que essas autoridades o pratiquem sem repressão sua (Art. 7, 5, Lei 1079/50).
  • Crime contra o livre exercício dos direitos políticos ao impedir por violência, ameaça ou corrupção, o livre exercício do voto (Art. 7, 1 da Lei 1079/50).
  • Crime contra a existência politica da União ao cometer ato de hostilidade contra nação estrangeira, expondo a República ao perigo de guerra, ou comprometendo-lhe a neutralidade (Art. 5, 3, da Lei1079/50).

O que precisamos agora é mostrar aos deputados, que ainda não apoiam a abertura desse processo, que chegou a hora de fazê-lo. Já existe o clima político.

O Presidente Bolsonaro é um mal para o Brasil e não podemos nos omitir, caberá a nós, o povo, o dever de trabalhar para que ele seja afastado. Se você concorda com abertura do processo de impeachment, assine esse abaixo assinado e saiba que a missão de tirar Bolsonaro do poder acabou de dar o seu primeiro passo.

> Deputados do Centrão já cogitam impeachment