Popular Tags:

FAKE NEWS

4 de dezembro de 2021 at 07:35

Bolsonaro investigado por associar vacina da covid à Aids

A fala aconteceu durante sua live transmitida em suas redes sociais em outubro

 sexta-feira, 03/12/2021, 20:29 – Atualizado em 03/12/2021, 20:52 –  Autor: Com informações do Metrópoles


Bolsonaro teve live em que associa Aids à vacina derrubada pelo Facebook e Youtube por fake news Bolsonaro teve live em que associa Aids à vacina derrubada pelo Facebook e Youtube por fake news | Reprodução Youtube .

Afala de Bolsonaro relacionando a vacina contra covid-19 à Aids, em outubro deste ano, poderá ter consequências legais para o presidente.

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou nesta sexta-feira (3) a instauração de inquérito para investigar o presidente da República por crimes contra a pandemia apontados pela CPI da Covid-19.

No documento, Moraes estabelece que o presidente seja investigado por relacionar a vacina contra a Covid-19 ao desenvolvimento da Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (aids). A fala aconteceu durante sua live transmitida em suas redes sociais.

A decisão ocorre após o presidente da CPI da Pandemia no Senado Federal, senador Omar Aziz (PSD-AM), pedir a instauração de inquérito policial para apurar os supostos crimes apontados no relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito.

No documento, há o pedido de investigação contra o presidente por “declarações que minimizaram a pandemia, que promoveram tratamentos sem comprovação científica e que repudiaram vacinas, validando, na mais alta esfera política e midiática, a desinformação circulada nos perfis oficiais de instituições federais”.

Bolsonaro também será investigado por utilizar uma live em suas redes sociais, em 21 de outubro, para associar a vacina contra Covid à aids. A declaração de Bolsonaro gerou críticas de políticos e de entidades médicas e científicas. O Facebook e o Instagram derrubaram o vídeo do presidente.

“Outra coisa grave aqui: só vou dar notícia, não vou comentar: ‘Relatórios oficiais do governo do Reino Unido sugerem que os totalmente vacinados […] estão desenvolvendo a síndrome imunodeficiência adquirida muito mais rápido que o previsto’. Recomendo que leiam a matéria. Talvez eu tenha sido o único chefe de Estado do mundo que teve a coragem de colocar a cara a tapa nessa questão”, disse Bolsonaro, ao ler uma suposta notícia, na transmissão ao vivo.

Na decisão, Alexandre de Moraes também determinou que abra-se vista dos autos à Procuradoria-Geral da República, para manifestação quanto ao requerimento de suspensão imediata de acesso do presidente da República às redes sociais, no prazo de 15 dias.

NOVO DECRETO

3 de dezembro de 2021 at 13:46

Pará vai exigir comprovante de vacinação em todos os locais

O governador do Pará disse ainda, que vai focar na campanha de políticas públicas de incentivo à vacinação.

 sexta-feira, 03/12/2021, 12:53 – Atualizado em 03/12/2021, 13:12 –  Autor: Wesley Rabelo/DOL


Pará atualizada novas restrições.  Pará atualizada novas restrições. | Reprodução .

O governador do Pará, Helder Barbalho, anunciou na manhã desta sexta-feira (3), a atualização das restrições contra a Covid-19 no estado e o início da campanha de políticas públicas de incentivo à vacinação. 

Entre as novas medidas estabelecidas através de decreto, que será publicado na próxima segunda-feira (6), estão o fim das restrições de bandeiramento e de lotação em estabelecimentos, bares e eventos. Além disso, está definida a obrigatoriedade de todos os servidores públicos estarem imunizados contra o vírus. 

A única restrição agora é a obrigatoriedade do comprovante de vacinação para entrada em estabelecimentos, independentemente do número de pessoas e da capacidade de lotação em shows, casas noturnas e boates; cinemas, teatros, clubes, bares, restaurantes, academias de ginástica e afins e equipamentos turísticos.

A realização de eventos esportivos amadores ou profissionais também estão liberados. 

RENDA BELÉM VACINADO

Uma terceira rodada do Renda Pará será realizada apenas para beneficiários do Bolsa Família que estiverem vacinados. Um investimento de mais de R$ 100 milhões para estimular a vacinação. 

RÉVEILLON

Só serão autorizados pelo Governo do Pará, eventos de comemoração do Réveillon nos municípios que tiverem 70% ou mais de cobertura vacinal de segunda dose de sua população. 

COMPROVAÇÃO VACINAÇÃO

A comprovação da vacinação será feita pela apresentação do cartão de vacinação, por certificado emitido pelo Ministério da Saúde ou pelo aplicativo “Conecte SUS”, associado ao documento de identidade oficial com foto.

A presença de pessoa não vacinada poderá ser possível, desde que comprovada, por atestado médico, a impossibilidade de administração de qualquer uma das vacinas, dispensadas pelo Sistema Único de Saúde contra a COVID-19, necessitando da apresentação de exame RT-PCR negativo, realizado nas últimas 48 horas. 

 |
 |

ESTRATÉGIA

3 de dezembro de 2021 at 08:57

Estado prioriza 10 municípios com vacinação abaixo de 50%

Para acelerar imunização nessas cidades e evitar aumento de contágio, órgãos de saúde farão busca de pessoas que ainda não tomaram doses

 sexta-feira, 03/12/2021, 08:00 – Atualizado em 03/12/2021, 07:59 –  Autor: Redação/DOL


Mobilização pretende fazer vacinação em massa contra a Covid-19 em vários municípios do Estado Mobilização pretende fazer vacinação em massa contra a Covid-19 em vários municípios do Estado | Irene Almeida/Diário do Pará .

A partir da avaliação dos dados epidemiológicos e de cobertura vacinal, Altamira, Ananindeua, Cametá, Castanhal, Itaituba, Marabá, Redenção, Santarém, São Félix do Xingu e Tucuruí foram selecionados como focos prioritários de uma ação conjunta entre governo do Estado, Ministério da Saúde e Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) para alcançar 70% de habitantes imunizados contra a Covid-19 em cada um desses dez municípios onde hoje o percentual de moradores com duas doses varia entre 20% e 50%. A atuação começou nesta quarta, 1º dezembro, e está integrada com a Atenção Primária em Saúde, principalmente nas localidades com cobertura da Estratégia Saúde da Família (ESF) e de Agentes Comunitários em Saúde (ACS).

A proposta é mesmo fazer uma varredura de casa em casa e de forma seletiva para aplicação de 1ª e 2ª doses, e também da dose de reforço. Além da vacina contra a Covid-19, estão sendo oferecidas também as contra a Influenza e a vacina tríplice viral, que protege contra sarampo, rubéola e caxumba, cuja cobertura vacinal também está baixa na rotina das salas de imunização das unidades de saúde.

O projeto pretende atualizar os dados no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI) e promover uma grande mobilização social a favor da vacinação em massa contra o novo coronavírus no Pará. O governador Helder Barbalho (MDB) vai anunciar, às 11h de hoje, sexta-feira, 3 de dezembro, pela internet, as estratégias que serão adotadas no Estado visando reforçar a imunização contra a Covid-19. O chefe do Executivo Estadual anunciará, à mesma ocasião, um novo decreto com medidas para garantir a ampliação da cobertura vacinal da população de todo o Pará.

Para a vacinação nesses municípios prioritários, a Opas viabilizou a contratação de vacinadores, registradores e supervisores de campo, locou veículos e adquiriu equipamentos e materiais, tais como caixas térmicas, termômetros digitais entre outros. A partir deste fim de semana, a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) também vai disponibilizar vacina contra a Covid-19 nas ações do Programa Territórios da Paz (TerPaz), presente em sete bairros, sendo cinco de Belém, um de Ananindeua e um de Marituba.

“Enquanto houver pessoas não vacinadas entre a população permanece o risco de contágio e surgimento de casos graves que precisam de internação. Também é fundamental mantermos as demais medidas preventivas como uso de máscara de proteção, higienização das mãos e distanciamento social”, alerta o titular da Sespa, Rômulo Rodovalho.

Como está a situação nos municípios? 

Casos e vacinas:

Altamira: localizado na região do Xingu, possui 115.969 habitantes, representa 2,54% dos casos (15.372) e 325 óbitos, no período de setembro/2021 apresentou um incremento de 170% dos casos e apresenta 62,98% de doses totais de vacina covid aplicadas. Já com a D2 (dose 2), apresenta 39,82%.

Ananindeua: localizado na região metropolitana de Belém, possui 537.547 habitantes, é o 3º município com maior número de casos no Estado 4,37% (26.474) e (830) óbitos, possui 50,80% de doses totais de vacina covid registradas como aplicadas. Já com a D2 (dose 2), apresenta 28,86%.

Cametá: localizado na região do Tocantins, no nordeste paraense, a população estimada é de 140.814 habitantes, representa 1,65% dos casos (10.007) e 278 óbitos e possui 58.70% de doses totais da vacina covid aplicadas. Já com a D2 (dose 2), apresenta 31,01%.

Castanhal: pertence à região de saúde metropolitana III, possui 205.677 habitantes, representa 1,61 % (9.760) dos casos de covid-19 e 487 óbitos, houve aumento de 55% dos casos em outubro de 2021 e apresenta com 75,86% de doses totais da vacina covid aplicadas. Já com a D2 (dose 2), apresenta 37,71%.

Itaituba: localizado na região do Tapajós, possui 101.395 habitantes, com 1,9% (11.498) e 324 óbitos, houve um aumento de 195% de casos no mês de outubro/2021 e apresenta 52,25% de doses totais aplicadas. Já com a D2 (dose 2), apresenta 25,88%.

Marabá: localizado na região do Carajás, possui 283.542 habitantes, representa 3,28% (19.820) casos e 457 óbitos, no período de outubro/2021 houve um aumento de 30% dos casos e possui 24,72% de doses totais aplicadas. Já com a D2 (dose 2), apresenta 24,72%.

Redenção: localizado na região do Araguaia, possui 86.326 habitantes, com 2,43% (14.689) casos e 246 óbitos, até o momento no mês de novembro/2021 houve um aumento de 130% no número de casos, e apresenta 56,43% de doses totais aplicadas. Já com a D2 (dose 2), apresenta 28,76%.

Santarém: localizado na região do Baixo Amazonas, possui 306.480 habitantes, representa 3.6% (21.890) casos e 976 óbitos, no período de outubro/2021 houve o aumento de 145% dos casos e possui 66,16% de doses totais da vacina covid aplicadas. Já com a D2 (dose 2), apresenta 47,1 2%.

São Félix do Xingu: localizado na região do Araguaia, possui 132.138 habitantes, e apresenta 0,71% (4.310) casos e 41 óbitos, com 21,95% de doses totais aplicadas. Já com a D2 (dose 2), apresenta 7,07%.

Tucuruí: localizado na região do Lago do Tucuruí, possui 115.144 habitantes e apresenta 1,3% (8.116) casos e 268 óbitos e possui 72,40% de doses totais aplicadas. Já com a D2 (dose 2), apresenta 38,93%.

Casos aumentam 550% no Oeste do Pará

A região Oeste do Pará está vivenciando uma terceira onda de Covid-19, segundo alerta do pesquisador Marcos Prado Lima, ao analisar testes realizados nos últimos três meses pelo Labimol (Laboratório de Biologia Molecular) da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa), que funciona em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde do Pará (SESPA).

“Considerando o número de casos positivos da Covid-19 identificados nos últimos meses em Santarém, nota-se que os números continuam elevados no mês de novembro: comparativamente ao mês de setembro, foi identificado um aumento superior a 550%, com forte tendência de alta de casos positivos para os próximos meses, o que requer atenção das autoridades locais”, alertou Prado, coordenador do Labimol.

O Labimol atende 20 municípios da região Oeste, abrangendo cerca de um milhão de pessoas. Todos os municípios da região Oeste do Pará mostraram tendência de alta nos casos. Em novembro, de acordo com o relatório divulgado nesta quarta-feira, 1º de dezembro, dos 2.547 testes RT-PCR realizados, 799, ou seja 31, 49%, foram positivos. “Já começa a haver uma pressão no sistema de saúde, o que é muito preocupante”, considerou Prado.

O professor classifica de preocupante esse “aumento súbito”.

DESESPERADOR

3 de dezembro de 2021 at 08:15

Policial que perseguiu e esfaqueou ex é presa novamente

Ela descumpriu uma medida restritiva que proibia de se aproximar do ex-namorado, que já foi vítima da mulher

 quinta-feira, 02/12/2021, 22:59 – Atualizado em 02/12/2021, 22:59 –  Autor: Com informações do Yahoo Notícias


Ela foi presa na casa de familiares na Asa Norte, em Brasília Ela foi presa na casa de familiares na Asa Norte, em Brasília | Reprodução .

Depois de ter sido detida no último final de semana de novembro, suspeita de ter furado os pneus do carro e esfaqueado o ex-namorado, a policial civil do Distrito Federal, Rafaela Luciene Motta Ferreira, de 40 anos, foi presa novamente..

Ela foi acusada de descumprir uma medida restritiva que proibia a agente de se aproximar do ex. A situação chega a ser desesperadora, tendo em vista que essa é a quarta vez que a agente é presa por crimes contra esse e outros companheiros.

Rafaela foi presa dentro da casa de familiares, localizada na Asa Norte, em Brasília. Em um primeiro momento, ela se recusou e apresentou resistência no momento da prisão, depois pediu a presença de um advogado.

Último caso

Quando foi presa pela terceira vez, Rafaela havia furado os pneus do carro do ex-namorado e o esfaqueado. Tudo aconteceu na madrugada de 28 de novembro, em frente a casa da vítima. Mesmo tendo sido presa nos meses anteriores e tido a arma recolhida pela Corregedoria, ela ainda costumava andar com spray de pimenta e canivete.

PASSOU A BOIADA

2 de dezembro de 2021 at 21:47

Bolsonaro autoriza traficantes a garimparem ouro no Pará

Apontados pela PF como chefes de organizações criminosas, entre eles discípulo de Fernandinho Beira-mar, exploram área equivalente a 800 campos de futebol

 quinta-feira, 02/12/2021, 21:06 – Atualizado em 02/12/2021, 21:21 –  Autor: Com informações de O Globo/DOL


Itaituba, no Pará, é conhecida como a "cidade pepita" Itaituba, no Pará, é conhecida como a “cidade pepita” | Marizilda Cruppe/Amazonia Real/Amazon Watch .

O governo Bolsonaro concedeu o direito de explorar garimpos de ouro a dois traficantes apontados pela Polícia Federal como chefes de organizações criminosas, entre elas uma liderada por Fernandinho Beira-mar.

Os dois traficantes ganharam o direito de explorar uma área de mais de 810 hectares de garimpos de ouro na Amazônia, o equivalente a cerca de 800 campos de futebol. Uma das áreas abrange a região de Itaituba, no Pará.

Alvo da Operação Narcos Gold, deflagrada no início deste mês, Heverton Soares, o Compadre Grota, aparece nos registros do governo federal como detentor de 18 permissões de lavras garimpeiras (PLGs), que abrangem um terreno de 762 hectares.

Grota é acusado de ser um dos principais representantes do crime de ‘narcogarimpo’, termo utilizado pela PF para classificar membros de facção que atuam no tráfico de drogas e ouro na Amazônia. Ele responde a processos na Justiça do Maranhão, Rondônia e São Paulo por tráfico de drogas, organização criminosa, lavagem de dinheiro e homicídio e é suspeito de ter ligações com duas facções criminosas do Sudeste.

Alvo da Operação Enterprise no fim de 2020, Silvio Berri Júnior ganhou o direito de operar uma PLG de 48 hectares. Berri ficou conhecido nos anos 2000 por ser o principal piloto de avião do megatraficante Fernandinho Beira-Mar. Segundo o Globo, ele voltou ao radar da PF no ano passado por operar um esquema de tráfico chefiado por um ex-major da PM-SP.

Todas as 19 “permissões” foram outorgadas aos dois traficantes pela Agência Nacional de Mineração em Itaituba, na região do Médio Tapajós (Pará), entre os anos de 2020 e 2021. 

Vinculada ao Ministério de Minas e Energia, a agência alegou em nota que não é de sua competência “pesquisar a vida pregressa, judicial ou afins” de pessoas que requerem o direito de explorar o subsolo amazônico. Segundo a ANM, isso é prerrogativa de “orgãos específicos judiciais e de polícia”.

SINISTRO

2 de dezembro de 2021 at 12:17

Empresário desaparecido é encontrado em barriga de jacaré

Familiares e amigos capturaram o animal em uma área conhecida como “Boca das Piranhas”.

 quinta-feira, 02/12/2021, 10:51 – Atualizado em 02/12/2021, 10:51 –  Autor: Wesley Rabelo com informações do Debate Carajás/DOL


Partes do corpo do empresário foram encontradas dentro da barriga de um jacaré.  Partes do corpo do empresário foram encontradas dentro da barriga de um jacaré. | Reprodução .

Um empresário, identificado como Davi Reis, esteva desaparecido desde o dia 23 de novembro, após sair de casa e informar para a esposa que iria fazer uma rápida viagem. Desde aí, a família nunca mais teve informações sobre o seu paradeiro, iniciando uma grande mobilização para tentar encontrá-lo.

Partes do corpo do empresário Davi Reis foram encontradas dentro da barriga de um jacaré, na zona rural da cidade de Barreirinha, distante 331 km de Manaus, no nordeste do Amazonas.

Após Davi sair de Barreirinha em uma voadeira, com destino à Vila Paraná dos Ramos e nunca mais ser visto, familiares e amigos começaram a fazer uma campanha nas redes sociais.

Equipes do Corpo de Bombeiros, Marinha, Defesa Civil, Polícias Civil e Militar foram acionados para as buscas. Na última quinta-feira (24), a lancha de Davi foi encontrada por mergulhadores, próximo a uma vila, conhecida como “Boca das Piranhas”.

Na última sexta-feira (26), por volta de 17h, a equipe encerrou as buscas, mas familiares e amigos do empresário decidiram continuar por conta própria. Foi aí, que o grupo resolveu capturar um jacaré que estava próximo da região. Ao abrir o animal, foram encontradas partes de um corpo humano com as características de Davi. 

Uma equipe da Defesa Civil se deslocou para o local. Na sequência, foi realizada uma perícia técnica pelos profissionais de saúde da Unidade Hospitalar de Barreirinha (HMB). Familiares reconheceram o corpo como sendo o de Davi Reis. Os restos mortais foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) para realização de necropsia.

NOVO COMANDO!

2 de dezembro de 2021 at 08:50

Márcio Fernandes é o novo técnico do Paysandu

Treinador estava no Londrina e evitou o rebaixamento do Tubarão na Série B do Brasileiro; Papão deve fazer o anúncio ainda nesta quinta-feira (2).

 quinta-feira, 02/12/2021, 07:12 – Atualizado em 02/12/2021, 08:04 –  Autor: KAIO RODRIGUES PEREIRA/DOL


Treinador salvou o Londrina do rebaixamento para a Série C do Brasileiro. Treinador salvou o Londrina do rebaixamento para a Série C do Brasileiro. | (Foto: Ricardo Chicarelli/Londrina EC) .

O técnico Márcio Fernandes, de 59 anos, será o novo treinador do Paysandu. Nossa reportagem recebeu a informação de que todos os detalhes entre o clube e o comandante já estão ajustados e falta apenas a assinatura do contrato. O bicolor paraense deve fazer o anúncio oficial ainda nesta quinta-feira (2).

Fernandes tem passagens por Santos, Red Bull Brasil, Brasiliense, Vila Nova, Guarani, Botafogo-SP, Linense, Joinville, Aparecidense, Remo, Brasilense, Treze, Santo André e Londrina. Ele já conquistou dois títulos do Campeonato Brasileiro da Série C.

Segundo informações, caso o Papão passe pelo Remo e avance para as finais da Copa Verde, Wilton Bezerra permanecerá no comando técnico do clube. Sendo assim, Márcio Fernandes assume a equipe somente na temporada de 2022, onde iniciará os trabalhos visando o Campeonato Paraense.

IMAGEM

2 de dezembro de 2021 at 05:53

Menino acha árvore de Natal no lixão e foto viraliza

Gabriel tem 12 anos e estava trabalhando no lixão junto com sua mãe

 quarta-feira, 01/12/2021, 21:18 – Atualizado em 01/12/2021, 21:18 –  Autor: FOLHAPRESS/DOL


Gabriel é catador e encontrou a árvore com outros resíduos Gabriel é catador e encontrou a árvore com outros resíduos | Reprodução/João Paulo Guimarães .

Fotos de um garoto que encontrou uma árvore de Natal no meio de um lixão e a levou para casa viralizaram na internet nos últimos dias. O menino, que se chama Gabriel e tem 12 anos, estava acompanhando a mãe em um lixão na cidade de Pinheiro, interior do Maranhão.

As fotos são de autoria de João Paulo Guimarães. Segundo publicação dele no Twitter, Gabriel é catador e trabalhava no local quando encontrou a árvore de Natal jogada entre outros resíduos.

O fotógrafo também afirmou que, depois de divulgar as imagens no Instagram, pessoas se prontificaram a comprar uma árvore de Natal nova para o garoto, além de doar outros presentes.

Atualmente, existe uma vaquinha com meta de R$ 80 mil para ajudar a família de Gabriel. Até a noite desta quarta-feira (1º), a campanha já havia arrecadado mais de R$ 16 mil.

“[Ele] e a família moram numa casa de barro, sem estrutura alguma numa comunidade em Pinheiro. O sonho deles é conseguir construir uma casinha de alvenaria”, afirma o texto da ação, que também pretende adquirir cestas básicas e roupas para o garoto.

As imagens tiveram grande repercussão na internet. Muitos, ao compartilharem as cenas, afirmaram que a realidade de Gabriel é um retrato da miséria e da desigualdade vividas no Brasil, que pioraram durante a pandemia.

Outros usuários de mídias sociais chamaram atenção para o fato de que Gabriel é uma criança negra.

Lava Jato: STJ anula condenações de Palocci, Vaccari e outros 11 réus e envia processo à Justiça Eleitoral

1 de dezembro de 2021 at 17:44

Decisão é do ministro Jesuíno Rissato. Ele mencionou decisão de 2019 do Supremo Tribunal Federal, segundo a qual casos relacionados a caixa 2 devem ser julgados pela Justiça Eleitoral.

Por Rosanne D’Agostino, g1 — Brasília

01/12/2021 16h48  Atualizado há 7 minutos


O ministro Jesuíno Rissato, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), anulou nesta quarta-feira (1º) condenações da Operação Lava Jato de Curitiba e determinou o envio do processo de 15 réus relacionados à investigação para a Justiça Eleitoral.

Entre os beneficiados pela decisão estão o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, o ex-ministro Antonio Palocci, o ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque e outros dez corréus condenados em 2017 pelo então juiz federal Sérgio Moro (vídeo abaixo) – responsável por ações da Lava Jato na primeira instância da Justiça Federal. Entre os crimes estão corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Moro condena ex-ministro petista Antonio Palocci a 12 anos de prisão

Moro condena ex-ministro petista Antonio Palocci a 12 anos de prisão.

Entre os condenados, também estavam Marcelo Odebrecht, ex-presidente do Grupo Odebrecht, e os publicitários Monica Moura e João Santana.

Dois dos réus no processo já haviam sido absolvidos por falta de provas (Branislav Kontic, ex-assessor de Palocci, e Rogério de Araújo, ex-executivo da Odebrecht).

Na prática, a decisão determina que o processo recomece do zero.

“Reconheço a incompetência da Justiça Federal para processar e julgar o presente feito, declaro a nulidade de todos os atos decisórios”, afirmou Rissato na decisão.

Ainda segundo o ministro, os processos devem ser remetidos ao juízo competente, que, por critério próprio, pode ratificar os atos, se não houver prejuízo aos acusados, “em atenção aos princípios da eficiência, da duração razoável do processo e da economia processual”.

A defesa de Vaccari alegou a incompetência da Justiça Federal para analisar as acusações, em razão da “existência de elementos de ocorrência da prática do delito de caixa dois eleitoral”.

Rissato citou decisão do STF que determinou, em 2019, que crimes eleitorais como o caixa 2 (não declaração na prestação de contas eleitorais de valores coletados em campanhas) que tenham sido cometidos em conexão com outros crimes como corrupção e lavagem de dinheiro devem ser enviados à Justiça Eleitoral..

Segundo o ministro, o precedente “é assente no sentido de que a competência para processar e julgar os casos de financiamento para campanhas eleitorais, mediante a utilização do denominado Caixa 2, que poderiam constituir o crime eleitoral de falsidade ideológica, é da Justiça Eleitoral”.

‘Defenderei o direito constitucional do casamento civil das pessoas do mesmo sexo’, diz André Mendonça

1 de dezembro de 2021 at 16:28

Indicado por Bolsonaro para o STF, ex-ministro da Justiça deu declaração em sabatina no Senado. Mendonça é pastor e ressaltou que, como ministro do Supremo, se pautará pela Constituição.

Por Marcela Mattos e Luiz Felipe Barbiéri, g1 — Brasília

01/12/2021 13h27  Atualizado há uma hora


'Eu defenderei o direito constitucional do casamento civil das pessoas do mesmo sexo', afirma André Mendonça

‘Eu defenderei o direito constitucional do casamento civil das pessoas do mesmo sexo’, afirma André Mendonça.

O ex-ministro da Justiça André Mendonça afirmou nesta quarta-feira (1º) em sabatina na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado que defenderá o “direito constitucional do casamento civil das pessoas do mesmo sexo”.

Mendonça foi indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF). Cabe ao Senado sabatinar o indicado e votar a indicação.

“Eu defenderei o direito constitucional do casamento civil das pessoas do mesmo sexo”, declarou Mendonça na sabatina.

André Mendonça é pastor na Igreja Presbiteriana Esperança, em Brasília, e disse que, se aprovado ministro do Supremo, se pautará pela Constituição.

André Mendonça participa de sabatina na CCJ do Senado — Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

André Mendonça participa de sabatina na CCJ do Senado — Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Resposta a senador

Enquanto falava aos senadores, o ex-ministro da Justiça disse que, se houver uma discussão no Supremo sobre o casamento entre pessoas do mesmo sexo, os parlamentares podem ter “certeza” que ele respeitará “os mesmos direitos civis”.

O senador Fabiano Contarato (Rede-ES), então, questionou a Mendonça se o indicado para o STF é favorável ao casamento entre pessoas do mesmo sexo.

“O casamento civil, eu tenho a minha concepção de fé especifica. Agora, como magistrado da Suprema Corte, eu tenho que me pautar pela Constituição”, respondeu Mendonça.

Contarato, na sequência, questionou novamente, ao que André Mendonça respondeu:

“Eu defenderei o direito constitucional do casamento civil das pessoas do mesmo sexo”, completou.