Popular Tags:

CORRERIA

10 de abril de 2021 at 18:05

Lancha pega fogo e causa pânico em Belém. Veja o vídeo! 

Em um vídeo que circula nas redes sociais, é possível ver o desespero das pessoas.

 sábado, 10/04/2021, 17:46 – Atualizado em 10/04/2021, 17:46 –  Autor: Diário Online


Incidente ocorreu em marina localizada no bairro do Tenoné Incidente ocorreu em marina localizada no bairro do Tenoné | Reprodução .

Uma lancha pegou fogo, na tarde deste sábado (10), em uma marina localizada na no bairro do Tenoné, em Belém. Ninguém ficou ferido.

Em um vídeo recebido pelo DOL, é possível ver o desespero das pessoas, incluindo crianças, que estavam na lancha. Funcionários da Marina usaram extintores para conter o fogo.

De acordo com informações de testemunhas que estavam no local, o fogo atingiu rapidamente a lancha.

O DOL tenta contato com a marina para mais informações. 

MIST`ÉRIO

10 de abril de 2021 at 11:15

Menina de 12 anos desaparece e namorado é suspeito

Informações preliminares indicam que os dois teriam um relacionamento. O desaparecimento tem mobilizado dezenas de pessoas em Jacundá, no sudeste do Pará.

 sábado, 10/04/2021, 10:44 – Atualizado em 10/04/2021, 10:44 –  Autor: Com informações de Folha do Progresso


Adriele Ferreira Santos, 12 anos, sumiu da casa dos pais na manhã da última quinta-feira (8) e desde então não foi mais vista e nem deu notícias. Familiares desesperados fizeram buscas pela jovem, inclusive pelas redes sociais e, já de noite, o pai foi à delegacia registrar um boletim de ocorrência. O desaparecimento da garota tem mobilizado dezenas de pessoas em Jacundá, no sudeste do Pará. 

No registro, o pai de Adriele relata que a família deu pela falta dela logo cedo, pois ela não amanheceu no quarto onde dormia. Logo depois, a família percebeu que a garota havia levado roupas e documentos pessoais. A partir daí, começaram a procurá-la.

Amigos de Adriele informaram sobre um possível relacionamento que ela estava tendo com um jovem. A partir dessas informações que a família chegou ao nome do rapaz, também morador de Jacundá, e ao endereço dele na cidade.

No local, estava apenas a mãe do suspeito que, segundo ela, havia saído para a roça de madrugada e ainda não tinha retornado para casa. Mas, segundo vizinhos próximos, a família do rapaz não tinha conhecimento do ‘namoro’.

As buscas pelos dois continuam e, se localizados, o suposto namorado pode responder por estupro de vulnerável, mesmo que tenha havido consentimento da jovem na fuga, já que ela tem pouco mais de 12 anos.

Qualquer pessoa que tenha informações sob o paradeiro de Adriele pode colaborar com a Polícia por meio do Disque-Denúncia Sudeste do Pará, do WhatsApp (94) 3312-3350 ou pelo aplicativo disponível para iOS e Android. O anonimato é garantido.

“DOCE”

9 de abril de 2021 at 15:53

Trio é preso com 7 mil comprimidos de ecstasy

Dois suspeitos estavam em um hotel embalando a droga e um terceiro no terminal rodoviário, em Ananindeua

 sexta-feira, 09/04/2021, 15:19 – Atualizado em 09/04/2021, 15:26 –  Autor: DOL


Um inquérito policial será aberto para saber quem é o dono e o destinatário da droga Um inquérito policial será aberto para saber quem é o dono e o destinatário da droga | Reprodução .

A Delegacia de Combate ao Narcotráfico (Denarc) prendeu em flagrante, nesta sexta-feira (09), três pessoas envolvidas na venda de drogas em Ananindeua, na Grande Belém. Na operação, cerca de 7 mil comprimidos de ecstasy foram apreendidos.

De acordo com a Denarc, os suspeitos são de Curitiba (PR), estaria em um hotel da cidade armazenando e embalando os entorpecentes. Os dois que estavam no hotel apontaram um terceiro criminoso que na ocasião estava no terminal rodoviário do município.

No apartamento, a policia encontrou sete pacotes contendo mil comprimidos em cada um deles. A perícia ainda deve confirmar se realmente se trata de ecstasy. Um inquérito policial será aberto para saber quem é o dono e o destinatário da droga.

Após CPI da covid, governo prepara ofensiva contra Barroso

9 de abril de 2021 at 15:17

Por Marina Oliveira e Edson Sardinha congressoemfoco Em 09 abr, 2021

Luís Roberto Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e ministro do STFFellipe Sampaio/SCO/STFFellipe Sampaio/SCO/STF

Depois da decisão de Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), que determinou ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), a instalação da CPI da covid, o senador Carlos Viana (PSD-MG) prepara uma pedido de impeachment contra o magistrado.

“Estamos finalizando a petição. Precisamos de 27 assinaturas”, afirmou o senador ao Congresso em Foco. O parlamentar disse ainda acreditar que há apoio suficiente de seus pares para seguimento do processo, que será “primeiro uma CPI”, nas palavras dele. “Depois, havendo responsabilidade criminal, impeachment”, disse o senador, um dos vice-líderes do governo no Senado.

Na conversa com @rpsenador qualquer decisão ou denúncia não será feita de forma individual. O objetivo é o reequilíbrio institucional entre Poderes. O caminho é propor a investigação constitucional por meio de Comissão Parlamentar de Inquérito após 27 assinaturas de senadores.

— Carlos Viana (@carlosaviana) Abril 9, 2021

A argumentação de Carlos Viana é que Barroso interferiu indevidamente nas funções do Legislativo. O documento poderá ser enviado a Pacheco ainda nesta sexta-feira (9). Cabe ao presidente do Congresso receber ou não pedidos de impeachment de ministros do Supremo.

Pelas redes sociais, Carlos Viana disse ainda que a decisão de Barroso “é um completo desrespeito entre os Poderes da República. O ativismo judicial chegou a um limite perigoso e inconstitucional. É hora do Senado dar uma resposta corajosa ao STF”.

Nesta sexta-feira (9), Jair Bolsonaro também criticou Barroso. O presidente acusou o ministro de fazer “politicalha”. “Falta coragem moral para Barroso e sobra ativismo judicial”, afirmou.

Em nota, o STF afirmou que “os ministros que compõem a Corte tomam decisões conforme a Constituição e as leis e que, dentro do estado democrático de direito, questionamentos a elas devem ser feitos nas vias recursais próprias, contribuindo para que o espírito republicano prevaleça em nosso país.”

Já o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) disse que a expectativa é que Pacheco cumpra a decisão judicial de instalar a CPI da covid. De acordo com o senador, a Comissão deve analisar a atuação do governo federal no combate à pandemia, mas também precisa avaliar a conduta de estados e municípios. “Precisa saber se o dinheiro chegou ao destino. É importante fazer esse desdobramento. Os próprios governistas colocam essa como a grande questão. Esperamos que por coerência apoiem.”

Ainda na visão do senador, o conflito entre poderes é “uma bobagem” que ocorre há dois anos com “periodicidade semanal”. De acordo com Alessandro Vieira, os precedentes do Supremo são sólidos e  não se trata de uma questão jurídica controversa. “A gente tem duas possibilidades, proteção excessiva ao governo ou excesso de cautela. Não dá pra ter excesso de cautela quando tem 350 mil mortes. Importante é investigar fatos. As pessoas responsáveis por esses fatos surgem ao longo do processo de apuração”, diz.

Bolsonaro recebe primeira videochamada com 5G

9 de abril de 2021 at 13:57

A chamada foi feita pelo mininistro Fábio Faria, de São Paulo.

Publicado em 09/04/2021 – 12:32 Por Andreia Verdélio – Repórter da Agência Brasil – Brasília

(Brasília - DF, 09/04/2021) Fábio Faria, Ministro de Estado das Comunicações (videochamada).
Foto: Marcos Corrêa/PR

O presidente Jair Bolsonaro recebeu hoje (9) a primeira videochamada da América Latina utilizando a tecnologia 5G standalone de conectividade móvel – o 5G puro, com rede independente e de maior qualidade. A ligação para o Palácio do Planalto, em Brasília, foi feita pelo ministro das Comunicações, Fábio Faria, da sede da Nokia, em São Paulo.

O evento desta sexta-feira faz parte de uma série de demonstrações de fabricantes da tecnologia 5G ao governo brasileiro. A previsão é que o leilão do 5G no país ocorra até o meio deste ano e que até junho de 2022, a tecnologia esteja funcionando em todas as capitais brasileiras. Antes disso, as operadoras devem disponibilizar a solução híbrida – non-standalone, que compartilha redes já existentes do 3G e do 4G.

edital do leilão foi aprovado pelo Conselho Diretor da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) em fevereiro e agora passa pela análise do Tribunal de Contas da União (TCU). A expectativa é que essa etapa seja concluída até o fim do primeiro semestre.

Para o presidente Bolsonaro, o 5G trará reflexos importantes na sociedade, não só para a conectividade entre as pessoas, mas para o desenvolvimento dos setores empresarial e industrial. “Assistimos durante a pandemia agora que o consumo de internet aumentou em mais de 50%. Realmente o 5G vem em boa hora porque nós do Brasil precisamos cada vez mais integrar a regiões, em especial, ainda existe um deserto na Região Norte e no nosso querido Nordeste. Com essa tecnologia vamos avançar e muito”, disse.

A quinta geração de tecnologia para redes móveis e de banda larga de permite o tráfego de dados até 100 vezes mais rápido que o padrão de quarta geração (4G), por utilizar um espectro de rádio mais abrangente, o que permite que mais aparelhos móveis se conectem simultaneamente, com mais estabilidade do que as redes atuais. Além disso, a tecnologia favorece a uso de ferramentas inteligentes, interconexão de equipamentos e máquinas em tempo real e da chamada Internet das Coisas (IoT, na sigla em inglês). 

Durante a videochamada desta sexta-feira, Faria também mostrou as antenas 5G que foram instaladas no Palácio do Planalto e na sede da Nokia e que serão espalhadas pelo país para, segundo ele, levar conectividade a todos os brasileiros. O ministro contou que, no dia 5 de maio, haverá um “dia digital” no governo, com a demonstração com drones, robôs e aplicativos. “Para que a população tenha noção do que teremos no futuro”, disse.

Para poder utilizar o serviço, porém, o usuário terá de ter em mãos um aparelho celular que seja compatível com a tecnologia 5G.

Edição: Valéria Aguiar

MELHORAS!

9 de abril de 2021 at 11:58

Apresentador João Jadson é internado com Covid-19

O jornalista segue estável, com um quadro sem gravidade da doença.

 sexta-feira, 09/04/2021, 11:44 – Atualizado em 09/04/2021, 11:44 –  Autor: Diário Online


Imagem ilustrativa da notícia Apresentador João Jadson é internado com Covid-19 | Reprodução / Instagram .

O apresentador da TV Liberal, o jornalista João Jadson, foi internado na noite de quinta-feira (8), após o diagnóstico positivo para a Covid-19, em Belém.

De acordo com a família, João segue estável, com um quadro sem gravidade da doença. Segundo colegas de trabalho, a internação foi uma medida medida preventiva, para que a saturação de oxigênio no organismo de João fosse monitorada.

Um comprometimento em um dos pulmões do apresentador, foi constatado após uma tomografia revelar a situação. Por precaução, a equipe médica achou que seria mais adequado acompanhar o caso com mais cuidado, para que o quadro de saúde de João Jadson não piore.

Bolsonaro diz que falta “coragem moral” a Barroso e aponta “ativismo judicial”

9 de abril de 2021 at 11:24

Ministro ordena CPI da covid-19

Presidente desafia o magistrado

Diz que Barroso faz “politicalha”

O ministro Luís Roberto Barroso determinou a abertura da CPI da Covid-19 no Senado, que deve investigar omissões do governo federalSérgio Lima/Poder360 – 14.mar.2018

PODER360
09.abr.2021 (sexta-feira) – 10h22

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que “falta coragem” ao ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luís Roberto Barroso e sobra a ele “ativismo judicial”. O comentário foi feito na manhã desta 6ª feira (9.abr.2021) a apoiadores. Bolsonaro comentava a decisão do ministro que obriga o Senado a instalar a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid para investigar as ações do governo federal no combate à pandemia.

Pelo que me parece, falta coragem moral para o Barroso e sobra ativismo judicial“, disse o presidente. E completou: “Não é disso que o Brasil precisa. Vivendo um momento crítico de pandemia, pessoas morrem. E o ministro do Supremo Tribunal Federal faz politicalha junto ao Senado Federal“.

Barroso concedeu uma liminar (decisão provisória) na noite dessa 5ª feira (9.abr) para a abertura da CPI. A comissão deve investigar eventuais omissões do governo federal no enfrentamento ao coronavírus.

Para Bolsonaro, o que deveria ser apurado são os “desvios de recurso de governadores“. Ele criticou a decisão do ministro e disse que ele agiu em conjunto com a bancada de esquerda do Senado “para desgastar o governo“. Ainda de acordo com o presidente, os governadores e prefeitos desviaram “bilhões” de reais em verba pública destinada à pandemia.

O presidente disse ainda que o ministro Barroso não tem “coragem moral” de determinar a abertura de processos de impeachment contra ministros do STF. “Se tiver um pingo de moral, ministro Barroso, mande abrir os processos de impeachment contra alguns dos seus companheiros do Supremo Tribunal Federal“, disse Bolsonaro.

O Senado tem ao menos 10 pedidos de impeachment contra ministros do STF. O integrante mais visado da Corte é Alexandre de Moraes, desafeto de bolsonaristas. Há no Senado até mesmo um pedido para retirar todos os integrantes do Supremo. Não há nenhum pedido específico para o impeachment de Barroso.

Assista ao vídeo do discurso de Bolsonaro a apoiadores (2min12s):https://www.youtube.com/embed/ENoQXBDEuFc

SEQUELAS

9 de abril de 2021 at 10:53

Cabelo, menstruação e mais: sequelas pós-covid em mulheres

Mesmo após dias ou até mesmo meses, mulheres continuam sentindo os efeitos da doença.

 sexta-feira, 09/04/2021, 10:19 – Atualizado em 09/04/2021, 10:23 –  Autor: Com informações do UOL


Estudo mostra que as mulheres são as mais afetadas pela covid-19.  Estudo mostra que as mulheres são as mais afetadas pela covid-19. | Reprodução .

Você, mulher, sentiu alguma alteração ou sequela pós-covid-19? Um estudo liderado por pesquisadores da universidade King´s College, de Londres, mostra que mulheres são mais afetadas do que homens pelos efeitos da chamada “covid longa”. As informações são do UOL.

Mas, o que isso quer dizer? Que mesmo após o fim da doença em si, as mulheres continuam tendo que lidar com os problemas, que prevalecem.

Dentre os principais problemas que continuam atingindo as mulheres estão queda de cabelo, ciclo menstrual alterado, incontinência urinária, síndrome do pânico, transtorno de ansiedade e por aí vai.

ESPECIALISTAS EXPLICAM

A tricologista Viviane Coutinho, que se dedica ao cuidado do couro cabelo, cabelo e pelos, explica  que qualquer infecção no corpo pode gerar uma alteração no ciclo capilar.

Como o processo infeccioso desencadeado pelo coronavírus pode ser severo, os fios tendem a cair em grande quantidade. Mas, segundo Coutinho, os fios “voltam a crescer normalmente”, posteriormente. 

Ela recomenda a manutenção de “hábitos saudáveis para contribuir com o organismo no geral”.

Já a psiquiatra Danielle H. Admoni explica que há uma relação direta entre a covid-19 e transtornos psíquicos após a doença.

Segundo ela, “muitos pacientes que tiveram a doença de maneira sintomática acabam evoluindo, de um a três meses depois, para um quadro de ansiedade”, diz. 

Admoni reforça ainda, que em alguns pacientes, o quadro “evolui para sintomas neuropsiquiátricos, como dificuldade de memória.” 

Quanto ao ciclo menstrual, a ginecologista e obstetra Roberta Grabert diz que não há indícios de impacto direto da covid-19. Segundo ela, o estresse causado pela doença, por exemplo, pode alterá-lo, uma condição que, inclusive, tem sido recorrente.

A ginecologista alerta, que “se o caso for grave, pode haver também alguma alteração na coagulação sanguínea, o que aumentaria o fluxo”.

REPÓRTER DIÁRIO

9 de abril de 2021 at 10:06

Pará exemplo para Lorenzoni e hospital que cura o planeta

Veja na coluna de hoje que o ministro da Secretaria Geral da Presidência da República disse em discussão com governador do Paraná

 sexta-feira, 09/04/2021, 09:37 – Atualizado em 09/04/2021, 09:39 –  Autor: Repórter Diário


Imagem ilustrativa da notícia Pará exemplo para Lorenzoni e hospital que cura o planeta | Reprodução .

Ao responder críticas do governador Eduardo Leite (PSDB), do Rio Grande do Sul, o ministro Onix Lorenzoni, da Secretaria Geral da Presidência da República, fez ontem um insuspeito elogio público à gestão do governador Helder Barbalho no enfrentamento à pandemia no Pará. Segundo Onix, o governador gaúcho deveria se espelhar no que Helder realizou até hoje. “Por que o senhor não fez como o governador do Pará, que conseguiu ter cinco vezes menos mortes que o Amazonas, nas mesmas condições, atacados pela mesma variante (P1)?”, questionou o ministro.

CUIDADOS

Onix Lorenzoni acrescentou, em vídeo divulgado na internet, que Helder “cuidou da estrutura da assistência básica, cuidou dos hospitais, ele deu condições para que os médicos tivessem à disposição todos os medicamentos possíveis para escolher livremente o que podia tratar ou não”. Disse, ainda, que o governador do Pará não ficou utilizando mídia ou trabalhando em cima de propaganda. “Quem entende de saúde não é jornalista, não é juiz, não é político. Quem entende é médico e é ele que tem que fazer as escolhas”, observou.

RELATÓRIO

O Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), em Santarém, é a única unidade de saúde do Norte do Brasil a integrar a edição 2020 do Relatório “Hospitais que Curam o Planeta”, promovido pela organização não governamental internacional Salud Sin Daño (Saúde Sem Dano). A publicação mostra resultados de minimização dos impactos ambientais conquistados por membros da Rede Global de Hospitais Verdes e Saudáveis. No Brasil, apenas o HRBA, no Pará, e a Santa Casa de Misericórdia da Bahia tiveram seus trabalhos destacados no relatório.https://92d580a1c2faafe6e454410955b10859.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Maranhão aciona STF para Anvisa autorizar importação imediata da Sputnik V

9 de abril de 2021 at 09:18

Falta o aval da agência

Diz que já fechou contrato

O governo do Maranhão diz que já fechou contrato para a compra de doses da Sputnik VDivulgação/SputinikV

PODER360
09.abr.2021 (sexta-feira) – 8h55

O governo do Maranhão acionou o STF (Supremo Tribunal Federal) para que a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) autorize o uso e a importação da vacina Sputnik V imediatamente.

A gestão de Flávio Dino (PC do B) diz que já fechou um contrato para comprar doses desse imunizante, e que o único impasse é a falta de aval da Anvisa. A agência ainda não aprovou o uso emergencial da vacina russa contra a covid-19.

No dia 27 de março, o prazo para análise do pedido, feito pela farmacêutica União Química, foi suspenso. A agência alegou “ausência de documentos necessários”.

Mas o governo do Maranhão diz que os requisitos para a importação já foram cumpridos pelo Estado.

“Não há justificativa normativa que ampare o pedido de complementação documental oposto pela Anvisa.

Na ação, o governo do Estado ainda argumenta que a Sputnik V já foi submetida a vários testes que comprovaram sua eficácia e segurança.

A peça também ressalta que essa vacina já está sendo aplicada em cidadãos de 50 países, incluindo alguns da América Latina (o uso da Sputnik V já foi autorizado na Argentina, México, Bolívia, Venezuela e Paraguai),

Na 4ª feira (7.abr.2021), o Consórcio de Governadores do Nordeste se reuniu com representantes da Anvisa para discutir a importação de 66 milhões de doses, que deverão integrar o PNI (Plano Nacional de Imunização).

O governador do Piauí e presidente do consórcio, Wellington Dias (PT), disse que o grupo quer o reconhecimento da situação de calamidade, que exigiria autorização excepcional de vacinas. Para isso, é preciso que o imunizante em questão tenha sido aprovado por uma agência regulatória internacional.

“Queremos o cumprimento da lei 124 de 2021, que reconhece a situação de calamidade e adota medida em que é possível autorização excepcional de vacinas desde que aprovada por outra agência reguladora de uma lista estabelecida pelo Congresso”.