Entenda como funciona o comprimido contra ressaca, lançado no Reino Unido

6 de julho de 2022 at 13:45

Produto acelera a degradação do álcool antes de chegar ao fígado, reduzindo os efeitos incômodos da bebida no dia seguinteEspecialistas recomendam consumo moderado de bebidas alcoólicasEspecialistas recomendam consumo moderado de bebidas alcoólicasFoto: Arthur Franco

Lucas Rochada CNN

em São Paulo

06/07/2022 às 11:51

Imagine aproveitar uma noite com amigos dançando e tomando drinks sem se preocupar com a ressaca no dia seguinte. É o que promete um novo comprimido lançado no Reino Unido, que acelera a degradação do álcool antes de chegar ao fígado.

Em um ensaio clínico, foi demonstrado que os níveis de álcool no sangue foram reduzidos em até 50% após 30 minutos e até 70% após 60 minutos em indivíduos que tomaram a pílula em comparação com aqueles que não tomaram. Os resultados foram reunidos em um estudo publicado no periódico científico Nutrition and Metabolic Insights.

NEWSLETTER ELEIÇÕES

Tudo sobre as eleições, direto no seu email. Receba toda quinta, no fim da tarde.

A pílula, que tem o nome comercial de “Myrkl”, é um probiótico natural e vegano, com formulação baseada na mistura de bactérias enriquecidas com um aminoácido chamado L-cisteína e vitamina B12. A indicação de uso é de dois comprimidos antes de beber pelo menos 1h e até 12h antes.

Efeitos do álcool no organismo

Durante o consumo de bebidas alcoólicas, a absorção do etanol no organismo está associada a diferentes fatores. Bebidas com concentração de álcool elevada, como whisky e gin, e beber de estômago vazio favorecem a absorção, por exemplo.

O álcool vai para o estômago, onde é absorvido e se espalha pelo corpo pela corrente sanguínea. O tempo de distribuição pelos diferentes órgãos depende de fatores como idade, peso, quantidade e tipo de bebida consumida.

A nova pílula é ativada no intestino antes que o álcool chegue ao fígado. Dessa forma, o álcool é decomposto em água e dióxido de carbono, o que leva à ausência ou baixa produção pelo fígado de acetaldeído e ácido acético, relacionado aos efeitos incômodos da ressaca. A quebra do álcool aumenta a sensação de bem-estar, com o auxílio da vitamina B12.

Quando o álcool é consumido, ele bloqueia a produção da vasopressina – também conhecida como hormônio antidiurético (ADH) ou argipressina –, responsável pela conservação de água pelos rins, ou seja, evitando que a urina se torne muito diluída. Isso causa a desidratação que vai gerar ressaca e mal estar.

“A molécula do álcool mexe com a nossa resposta fisiológica e estimula a diurese (produção de urina pelo rim). Um dos motivos da embriaguez é a desidratação, que é induzida pelo consumo de álcool. A sensação da ressaca também ocorre por conta dessa desidratação”, explica Ricardo Moreno Lima, professor do Departamento de Educação Física da Universidade de Brasília (UnB).

O especialista recomenda beber água na mesma proporção do consumo de álcool.

“O indicado para quem consome álcool é beber a mesma quantidade de água. Se a pessoa bebe uma taça de vinho, deve beber também uma taça de água. Se você segue essa linha, a chance de ficar embriagado é menor e a ressaca no dia seguinte é reduzida significativamente, uma vez que você está compensando parte do estrago que o álcool faz ao organismo”, aponta o professor.

SÉRIE C EM NÚMEROS

6 de julho de 2022 at 11:05

Veja as chances de classificação da dupla Re-Pa na Série C 

Clube do Remo e Paysandu seguem em situações diferentes na tabela de classificação da Série C.

 quarta-feira, 06/07/2022, 09:03 – Atualizado em 06/07/2022, 09:02 –  Autor: Lucas Contente/DOL


Papão e Leão brigam por classificação na Série C

 Papão e Leão brigam por classificação na Série C | Samara Miranda/Ascom Remo

Com o campeonato nacional se afunilando, é importante consultarmos os números para sabermos a real situação das equipes. No caso da dupla Re-Pa, os números indicam diferentes situações.

Após 13 rodadas do Campeonato Brasileiro da Série C, as situações de Clube do Remo e Paysandu ainda são opostas na tabela de classificação da competição, mesmo com as equipes tendo trajetórias parecidas e ambos venham de sucessivos tropeços nas últimas partidas.

De acordo com o site de estatísticas do esporte “Chance de Gol”, o Papão tem quase o dobro de chances de passar para a próxima fase em relação ao maior rival.

 

Tabela de classificação atualizada da Série C com possibilidades de classificação de cada time
 Tabela de classificação atualizada da Série C com possibilidades de classificação de cada time | Reprodução/Chance de Gol

Na vice-liderança da “Terceirona” com 23 pontos, o time comandado por Márcio Fernandes possui 94.5 % de chances de ir ao quadrangular final da Série C.  Já o Clube do Remo, que está em 11º, segundo o mesmo site, tem 50%. 

Os números atuais da competição indicam 28 pontos para classificação à próxima fase. Se esse for o caso, o Paysandu está quase lá, precisando de mais duas vitórias. Já o Leão, vive o seu drama, e precisa de 9 a 12 pontos para se classificar. 

Pesquisa Quaest para presidente: Lula tem 45%; Bolsonaro, 31%; e Ciro, 6%

6 de julho de 2022 at 10:18

Levantamento foi feito com 2.000 entrevistados face a face entre os dias 29 de junho e 2 de julho; margem de erro é de dois pontos percentuais

Da CNN

06/07/2022 às 06:58 | Atualizado 06/07/2022 às 07:21

Pesquisa Genial/Quaest para as eleições presidenciais de 2022, divulgada em primeira mão pela CNN nesta quarta-feira (6), traz, no cenário com o maior número de candidatos, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à frente, com 45% das intenções de voto no primeiro turno, seguido pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), com 31%.

Depois aparecem Ciro Gomes (PDT), com 6%; André Janones (Avante) e Simone Tebet (MDB), com 2%; e Pablo Marçal (Pros), com 1%.

PUBLICIDADE

Seis pré-candidatos não pontuaram: Felipe d’Avila (Novo), José Maria Eymael (DC), Leonardo Péricles (UP), Luciano Bivar (União Brasil), Sofia Manzano (PCB) e Vera Lúcia (PSTU).

Os que dizem que irão votar em branco, anular ou deixar de votar somam 6%. A proporção dos indecisos também é de 6%.

A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Duas mil pessoas foram entrevistadas face a face entre os dias 29 de junho e 2 de julho.

O levantamento tem 95% de confiança. Ou seja, se 100 pesquisas fossem realizadas, ao menos 95 apresentariam os mesmos resultados dentro desta margem.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-01763/2022.

Também foram testados outros dois cenários de primeiro turno e três de segundo turno. Confira abaixo.

Primeiro turno

Intenção de voto estimulada para presidente

Cenário I

  • Lula (PT) – 45%
  • Bolsonaro (PL) – 31%
  • Ciro Gomes (PDT) – 6%
  • André Janones (Avante) – 2%
  • Simone Tebet (MDB) – 2%
  • Pablo Marçal (Pros) – 1%
  • Felipe d’Avila (Novo) – 0
  • José Maria Eymael (DC) – 0
  • Luciano Bivar (União Brasil) – 0
  • Leonardo Péricles (UP) – 0
  • Sofia Manzano (PCB) – 0
  • Vera Lúcia (PSTU) – 0
  • Indecisos – 6%
  • Branco/Nulo/Não vai votar – 6%

Cenário II

  • Lula (PT) – 45%
  • Bolsonaro (PL) – 31%
  • Ciro Gomes (PDT) – 7%
  • André Janones (Avante) – 3%
  • Simone Tebet (MDB) – 3%
  • Indecisos – 5%
  • Branco/Nulo/Não vai votar – 6%

Cenário III

  • Lula (PT) – 47%
  • Bolsonaro (PL) – 31%
  • Ciro Gomes (PDT) – 8%
  • Simone Tebet (MDB) – 3%
  • Indecisos – 5%
  • Branco/Nulo/Não vai votar – 7%

Segundo turno

Intenção de voto estimulada para presidente

Cenário I

  • Lula (PT) – 53%
  • Bolsonaro (PL) – 34%
  • Indecisos – 4%
  • Branco/Nulo/Não vai votar – 9%

Cenário II

  • Lula (PT) – 52%
  • Ciro Gomes (PDT) – 25%
  • Indecisos – 3%
  • Branco/Nulo/Não vai votar – 20%

Cenário III

  • Lula (PT) – 55%
  • Simone Tebet (MDB) – 20%
  • Indecisos – 5%
  • Branco/Nulo/Não vai votar – 20%

NOVA ONDA DE CONTÁGIOS

6 de julho de 2022 at 08:37

Gripe, resfriado ou Covid-19: entenda diferenças e sintomas

Aprenda a diferenciar cada uma das doenças, que possuem sintomas semelhantes e não podem ser ignoradas.

 quarta-feira, 06/07/2022, 08:12 – Atualizado em 06/07/2022, 08:11 –  Autor: Com informações da Agência Brasil


Sintomas são parecidos, mas dá para perceber as diferenças entre as viroses mais comuns nesta época

 Sintomas são parecidos, mas dá para perceber as diferenças entre as viroses mais comuns nesta época | Reprodução/Getty Images

Você já deve ter ouvido falar disso, mas sempre é bom ressaltar: a pandemia de covid-19 ainda não acabou. O mundo atravessa uma nova onda de contágios, a qual é amenizada graças ao avanço da vacinação global. No entanto, outras doenças, como a gripe e o resfriado, facilmente atingem muitas pessoas e provocam efeitos em cadeia na população.

Por esta razão, vamos relembrar o que caracteriza cada uma das doenças em seus sintomas e diferenças, para não generalizar seu quadro como apenas uma “virose”.

Para esclarecer as diferenças, o Ministério da Saúde elaborou materiais de divulgação explicando cada uma das síndromes e como os sintomas se manifestam. No caso da febre, por exemplo, a ocorrência dela é comum em casos de Covid-19 e de gripe, mas rara em resfriados.

Os espirros são comuns em resfriados, mas raros tanto em gripes quanto em Covid-19. O nariz entupido aparece frequentemente em resfriados, às vezes em gripes e, raramente, em casos do novo coronavírus. A dor de cabeça é rara em resfriados, comum em gripes e pode surgir em infecções pelo novo coronavírus.

Quando uma pessoa estiver com sintomas correspondentes à Covid-19, é importante seguir as orientações do Ministério da Saúde, como fazer testes, e procurar um posto de saúde para obter orientação médica quanto às medidas necessárias.

Veja no quadro abaixo os sintomas de cada uma das doenças:

 

Entenda as diferenças e sintomas da covid-19, resfriado e gripe
 Entenda as diferenças e sintomas da covid-19, resfriado e gripe | Divulgação/Ministério da Saúde

REFORMA DE R$ 50 MIL

5 de julho de 2022 at 23:20

Além do assédio: Caixa pagou obras na mansão de Guimarães

A instituição financeira justificou que as obras estavam relacionadas à segurança de Pedro Guimarães, que na época sofria ameaças

 terça-feira, 05/07/2022, 20:51 – Atualizado em 05/07/2022, 20:50 –  Autor: Com informações de Lucas Marchesini e Fabio Serapião

    


Pedro Guimarães não é mais presidente da Caixa Econômica Federal

 Pedro Guimarães não é mais presidente da Caixa Econômica Federal | Marcelo Camargo/Agência Brasil

As obras realizadas na mansão do, agora, ex-presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, foram custeadas pelo próprio banco. A revelação foi feita pela reportagem da Folha de São Paulo, nesta terça-feira (5), e que teve acesso a imagens dos trabalhos realizados. As obras aconteceram em julho de 2020 por quatro funcionários de uma empresa que mantém contratos com a instituição financeira.

O custo das obras realizadas na mansão de Pedro Guimarães foi de, aproximadamente, R$ 50 mil. A realização das melhorias foram confirmadas pelo advogado do ex-presidente, afirmando que se tratava de melhorias autorizadas pelo setor de segurança após supostas ameaças direcionadas à Guimarães na época.

A diretora executiva de Logística e Segurança da Caixa, Simone Benevides, foi procurada pela reportagem para falar sobre a autorização que concedeu aos funcionários para a realização do serviço. Em resposta, disse que tudo aconteceu “dentro do trâmite legal”. “Foi na época da ameaça do auxílio emergencial, dos falsários que publicaram a ameaça na internet”, justificou.

E OUTRAS:

A Caixa Econômica Federal reforçou que as obras estão relacionadas à segurança de Guimarães e estão previstas em normas internas.

FOI POR POUCO

5 de julho de 2022 at 19:32

Justiça multa Paysandu na Série C, mas libera Curuzu

Clube foi multado pelo STJD por conta do jogo contra o Botafogo-PB

 terça-feira, 05/07/2022, 17:52 – Atualizado em 05/07/2022, 17:51 –  Autor: Diego Beckman / DOL


Papão evitou a pena do seu estádio ser interditado.

 Papão evitou a pena do seu estádio ser interditado. | John Wesley / Paysandu

Apesar de ter tomado um susto, o Paysandu poderá contar com o estádio Leônidas Sodré de Castro para os próximos jogos do Campeonato Brasileiro da Série C.

O Papão foi apenas multado pela 2ª comissão disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), nesta terça-feira (5), por conta das condições de jogo na partida contra o Botafogo-PB, no dia 12 do mês passado.

A equipe bicolor foi julgada nos artigos 206 (atraso de jogo) e 211 (condições de jogo), com multa de R$ 2.500 mil por atraso no jogo diante dos paraibanos, enquanto que no outro artigo, o clube foi absolvido e sem risco de ter sua praça esportiva interditada.

Outra vitória bicolor nos tribunais foi o atacante Danrlei, que foi julgado pela sua expulsão na mesma partida. O atleta foi punido com um jogo, que já foi cumprido e está livre para o jogo contra o Confiança-SE, neste sábado (9), no estádio da Curuzu.

INVESTIGADO

5 de julho de 2022 at 16:48

INVESTIGADO

Pela 3º vez, Eguchi é afastado do cargo de delegado da PF

Eguchi é investigado sobre o vazamento de informações de operações da Polícia Federal.

 terça-feira, 05/07/2022, 16:41 – Atualizado em 05/07/2022, 16:40 –  Autor: DOL

    


Delegado da Policia Federal, Everaldo Jorge Martins Eguchi.

 Delegado da Policia Federal, Everaldo Jorge Martins Eguchi. | Reprodução/Facebook

ODiretor Geral da Polícia Federal resolveu afastar nesta terça-feira (5) o delegado Everaldo  Jorge Martins Eguchi, o delegado Eguchi, do exercício do cargo até a decisão final do Processo Administrativo Disciplinar aberto contra ele. Essa é a terceira vez que o delegado é afastado do cargo.

Em julho de 2021, Eguchi foi alvo da “Operação Mapinguari”,  que teve como objetivo aprofundar a investigação sobre o vazamento de informações de operações da Polícia Federal, tendo o delegado como um dos suspeitos. Na época, a Justiça Federal acatou a manifestação do Ministério Público Federal e determinou o seu afastamento como forma de impedir que ele pudesse interferir nas investigações.

Em novembro do mesmo ano o Diretor Geral Substituto da Policia Federal também determinou o afastamento de Eguchi de duas funções até a decisão final de um processo administrativo disciplinar instaurado contra ele pela PF.

A decisão sobre o novo afastamento foi publicada na portaria N°16.458-DG/PF,  publicada em 1° de julho de 2022. O documento determina que Eguchi fique afastado do cargo “até decisão final do Processo Administrativo Disciplinar n° 4/2022-SR/PF/PA, insataurado pela Portaria SR/PF/PA n°1.073, de 16 de maio de 2022”. Além dissoe, Eguchi deverá manter seus dados pessoais atualizados, como endereço e telefone perante a justiça, bem como informar o local em que ele poderá ser encontrado, caso venha se ausentar de sua residência.

Confira a portaria:

 | Reprodução

Eguchi foi candidato pelo Patriotas à prefeitura de Belém nas últimas eleições municipais e chegou ao segundo turno do pleito em 2020, perdendo para Edmilson Rodrigues (PSOL).

Delegado da Policia Federal, Everaldo Jorge Martins Eguchi. | Reprodução/Facebook

/Delegado da Policia Federal, Everaldo Jorge Martins Eguchi.

Delegado da Policia Federal, Everaldo Jorge Martins Eguchi. | Reprodução/Facebook

Com chegada do 5G, antenas parabólicas deixam de receber sinal da TV aberta em Brasília; veja o que fazer

5 de julho de 2022 at 16:30

Quinta geração de internet móvel começa a ser operada na capital nesta quarta-feira (6). Atualmente, DF tem 3.341 antenas parabólicas, segundo Anatel.

Por Iana Caramori, g1 DF

05/07/2022 15h00  Atualizado há uma hora


Do 1 ao 5G: as evoluções e o potencial da nova tecnologia

Ativar som

Do 1 ao 5G: as evoluções e o potencial da nova tecnologia

A ativação da quinta geração de internet móvel — o 5G — em Brasília, nesta quarta-feira (6), vem acompanhada de algumas mudanças tecnológicas na capital. Uma delas diz respeito às antenas parabólicas, que não vão mais receber o sinal da TV aberta (veja detalhes abaixo).

A capital, primeira cidade do país a contar com o 5G, tem atualmente 3.341 antenas parabólicas, segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Por isso, quem usa esses equipamentos vai ter que trocar o aparelho por um digital para não perder o sinal televisivo.

As novas antenas podem ser internas, instaladas ao lado dos televisores, ou externas, colocadas nos telhados. Para famílias que fazem parte do Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal (CadÚnico), a mudança para a antena digital pode ser feita de maneira gratuita (veja detalhes abaixo).

O professor do Departamento de Engenharia Elétrica da UnB Ugo Dias aponta ainda que, se o consumidor possui TV por assinatura, não é preciso fazer nenhuma mudança após a chegada do 5G na capital.

“As redes de celulares 5G não vão influenciar qualquer outro equipamento do nosso dia a dia. Só esse sistema de TV por parabólica vai ser afetado”, afirma o docente.

O que muda

Quem usa antenas parabólicas terá que trocar o aparelho para não perder o sinal da TV aberta — Foto: TV Globo/Reprodução

Quem usa antenas parabólicas terá que trocar o aparelho para não perder o sinal da TV aberta — Foto: TV Globo/Reprodução

Atualmente, as antenas parabólicas operam na banda C, ou seja, em 3,5 GHz, explica o diretor-conselheiro da Anatel Moisés Queiroz Moreira.

O especialista aponta que a frequência é a mesma que será usada pelo 5G. Para evitar prejuízos ao serviço, o especialista explica que a TV aberta migrará para a banda Ku.

“Quando [o 5G] for ligado, quem tem antena parabólica sofrerá interferência e não vai mais funcionar”, aponta Moreira.

No Brasil, a antena parabólica estava presente em 27% dos lares em 2019, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad) Contínua, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Equipamentos gratuitos

A Entidade Administradora da Faixa (EAF), da Anatel, tem um programa de distribuição gratuita da nova parabólica digital, conversor e cabos. Para fazer parte, é preciso se encaixar nos seguintes critérios:

  • Ser inscrito no CadÚnico;
  • Possuir uma antena parabólica tradicional, devidamente instalada e conectada à TV.

A solicitação do kit e a instalação devem ser agendados por meio do site da EAF. Segundo a entidade, a mudança de equipamento de forma gratuita está disponível apenas nas capitais brasileiras.

Quinta geração

Brasília será a primeira cidade do país a contar com a tecnologia do 5G — Foto: Pixabay

Brasília será a primeira cidade do país a contar com a tecnologia do 5G — Foto: Pixabay

A partir desta quarta, o 5G deve estar disponível em 80% da capital. Até o último fim de semana, cada uma das três operadoras autorizadas a operar na faixa (Claro, Vivo e Tim) instalou 100 estações espalhadas pelo DF, com maior concentração na região do Plano Piloto.

A tecnologia vai funcionar apenas em celulares mais recentes, de empresas como Apple, Samsung, Xiaomi, Motorola, entre outras. Ao todo, 67 celulares que suportam o 5G foram homologados pela agência.

Inicialmente, a expectativa é que o serviço seja garantido nos atuais planos das operadoras, sem cobrança extra. Segundo especialistas, a quinta geração da internet vai aumentar a capacidade de transmissão de dados e diminuir a latência, que é o tempo que a informação leva para sair do computador e chegar no destino.

De acordo com a Anatel, as próximas capitais a receberem o sinal são: São Paulo, Belo Horizonte, Porto Alegre e João Pessoa. No entanto, ainda não há data definida. Apesar da chegada da nova tecnologia, o 4G não deixa de existir.

Benefícios para o setor de energia

5G vai ajudar distribuidoras de energia a monitorar o consumo no Brasil — Foto: Divulgação/Energisa

5G vai ajudar distribuidoras de energia a monitorar o consumo no Brasil — Foto: Divulgação/Energisa

O benefício da chegada do 5G vai além da telecomunicação. Outros setores da economia, como o de energia, também devem colher os frutos da quinta geração de internet móvel.

De acordo com o gerente da CAS Tecnologia, Octavio Brasil, a nova tecnologia é importante para a melhoria no monitoramento do consumo por parte das distribuidoras de eletricidade.

“[Interfere na] qualidade dos serviços, investindo na redução dos períodos de queda no fornecimento. Quando [as quedas] eventualmente acontecem, o reestabelecimento acontece cada vez mais rápido”, explica Brasil.

A médio e longo prazo, a expectativa é de que esse melhor monitoramento do consumo traga redução nas perdas das distribuidoras. “Isso acontecendo também gera um menor repasse a cada ano”, afirma o especialista.

NEGÓCIO MILIONÁRIO

5 de julho de 2022 at 15:40

Yago Pikachu deve deixar o Fortaleza e “voltar pra casa”

O “Pokémon” e ala paraense deve “voltar pra casa”, o que pode ajudar o Paysandu financeiramente.

 terça-feira, 05/07/2022, 11:57 – Atualizado em 05/07/2022, 12:01 –  Autor: Com informações Yahoo Esportes/DOL

    


Melhor jogador do Fortaleza em 2022, Pikachu tem 27 gols e oito assistências na temporada.

 Melhor jogador do Fortaleza em 2022, Pikachu tem 27 gols e oito assistências na temporada. | (Foto: Mateus Lotif / Fortaleza EC)

No final da década de 1990 e início dos anos 2000, a série japonesa “Pokémon” conquistou o mundo, tendo sucesso não apenas na TV como nos games. Dentre os principais personagens, um “bichinho” amarelo e elétrico chamava atenção: Pikachu. No mesmo período, o pequeno paraense Glaybson Yago Souza Lisboa recebeu o apelido/ “sobrenome” de tal Pokémon: Yago Pikachu.

Craque de bola desde o Paysandu e atual destaque do Fortaleza, o ala pode deixar o clube cearense e “voltar pra casa”. Calma, torcedor, ele não voltará ao Pará, pelo menos agora.

Yago Pikachu recebeu proposta do Shimizu S-Pulse, do Japão, e pode deixar o Fortaleza nos próximos dias. A informação sobre o interesse do clube japonês foi divulgada pelo jornalista esportivo Jorge Nikola, do Yahoo Esportes.

De acordo com o jornalista, as negociações estão avançadas e o clube japonês pode depositar a multa rescisória de 1 milhão de dólares – cerca de R$ 5,3 milhões – a qualquer momento. Em termos salariais, a proposta do clube da J. League (primeira divisão do Japão) prevê que Pikachu passaria a receber o dobro que seu salário atual.

Em 2022, Pikachu atravessa grande fase em 2002, principalmente em termos ofensivos. Segundo as estatísticas do Fortaleza, nos 41 jogos em que esteve em campo, o atleta participou diretamente de 25 gols, marcando 17 vezes e dando assistência para mais 8 gols.

Na condição de clube formador, o Paysandu tem direito a 1,8% do “mecanismo de solidariedade” e receberá cerca de R$ 95,4 mil caso a transferência seja concretizada.

Manifestações políticas em shows: veja o que é permitido pelo TSE

5 de julho de 2022 at 13:39

Nos três meses que antecedem as eleições, artistas continuam se manifestar sobre candidatos durante apresentaçõesNando ReisNando ReisReprodução/Nando Reis/Instagram

Marcello Sapioda CNN

04/07/2022 às 19:15 | Atualizado 04/07/2022 às 20:1

O cantor Nando Reis ganhou o noticiário político no último domingo (3) ao criticar o governo e incentivar seus fãs a xingarem o presidente Jair Bolsonaro (PL) durante show no Ibirapuera, em São Paulo. O episódio reacendeu o debate sobre os limites para manifestações políticas, à medida que se aproximam as eleições.

Além de Nando Reis, Pabllo Vittar, Ludmilla e Daniela Mercury se envolveram em polêmicas recentes por conta de episódios semelhantes.

PUBLICIDADE

Durante o festival Lollapalooza, em março, Pabllo Vittar exibiu uma bandeira com a foto de Lula. Depois do incidente, o ministro Raul Araújo, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), proibiu que artistas se manifestassem “a favor ou contra qualquer candidato” no evento.

Diversos cantores, no entanto, continuaram com demonstrações de apoio.

Em 4 de maio, Daniela Mercury também ergueu uma bandeira com o rosto do petista, durante show em São Paulo, e declarou voto nele.

Semanas depois, durante a Virada Cultural, Ludmilla pediu que seus fãs fizessem um “L” com as mãos enquanto o telão exibia as cores do PT. Segundo bolsonaristas, o ato foi uma manifestação de apoio a Lula.

Por outro lado, em junho, durante show na Bahia, a cantora Elba Ramalho pediu que seus fãs parassem de gritar “fora Bolsonaro”, porque não queria “fazer política”. O pedido foi ignorado.

O que diz o TSE?

Em 2 de julho, a 90 dias do primeiro turno, entrou em vigor uma série de determinações para os pré-candidatos, entre elas, a determinação sobre a contratação de shows com verba pública.

O TSE estabelece que, a partir dessa data, qualquer show contratado com verba pública pode ser interpretado como propaganda institucional, além de gerar condições desiguais de disputa entre os convidados.

Caso essa ordem seja descumprida, a pena pode chegar até a anulação da candidatura.

Showmícios

De acordo com decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), de outubro de 2021, os showmícios são ilegais. Por 8 votos a 2, os ministros mantiveram o entendimento que vigora desde 2006.

A principal justificativa para a manutenção da proibição é a disparidade de recursos entre partidos e coligações, o que tornaria a disputa desigual, aos olhos da justiça eleitoral.

Mesmo que o show seja gratuito, ou seja, doado pelo artista, o entendimento é de que essa apresentação seria uma espécie de “doação em dinheiro”, o que também ultrapassaria o teto de gastos, segundo o ministro relator do caso na época, Dias Toffoli.

Show para angariação de fundos

No julgamento em que decidiu sobre os showmícios, o Supremo estabeleceu que artistas podem fazer apresentações em prol de candidatos por meio de shows para captação de recursos.

O STF entende não haver ilegalidade em apresentações pagas de artistas cuja função seja única e exclusivamente a angariação de fundos para a campanha eleitoral.
Um caso nesses moldes foi o do cantor Caetano Veloso, que realizou uma live paga para arrecadar recursos para a candidatura de Manuela D’ávila (PC do B) à prefeitura de Porto Alegre.

A apresentação do cantor chegou a ser barrada temporariamente. Mas, após recurso, o TSE permitiu a apresentação.

Manifestações em shows privados e festivais

Quando o assunto são as manifestações políticas em shows e festivais privados, sem nenhuma ligação partidária, seja por parte do público ou do próprio artista, o entendimento do STF é de que os discursos se enquadram na liberdade de expressão, desde que não difame ou ataque um candidato ou alguma parcela da população.
Porém, por serem shows contratados por empresas privadas, é permitido aos contratantes recomendarem tanto aos artistas quanto ao público que evitem discursos políticos durante a apresentação.