TERCEIRA VIA

19 de maio de 2022 at 12:37

PSDB, MDB e Cidadania definem Simone Tebet como candidata

Nome da senadora Simone Tebet (MDB-MS) foi o escolhido para representar a terceira via nas eleições presidenciais de 2022.

 quinta-feira, 19/05/2022, 07:40 – Atualizado em 19/05/2022, 07:38 –  Autor: Com informações Notícias ao Minuto/DOL


Senadora Simone Tebet foi escolhida como candidata da terceira via nas eleições 2022 Senadora Simone Tebet foi escolhida como candidata da terceira via nas eleições 2022

Apoucos meses das eleições de 2022, a corrida eleitoral está a todo vapor. Partidos e alianças políticas correm contra o tempo para definir seus candidatos e adotar estratégias para conquistar o voto dos eleitores.

Na quarta-feira, mais um possível nome para concorrer ao cargo de presidente da República foi definido. Os partidos PSDB, MDB e Cidadania decidiram indicar a senadora Simone Tebet (MDB-MS) como candidata única da terceira via.

A decisão ainda precisa passar pela aprovação das executivas nacionais dos três partidos, que devem se reunir na próxima terça-feira (24), mas já indica que o ex-governador de São Paulo, João Doria, pré-candidato do PSDB, foi deixado de lado.

Pesquisas feitas pelos partidos indicaram que a rejeição a Doria é muito alta e Simone teria maior potencial de crescimento. Doria teve o nome aprovado em prévias do PSDB, em novembro do ano passado, mas, desde então, enfrenta resistências.

“Até terça-feira que vem fica pública uma posição apresentada aos três partidos. Vamos aguardar para ver se os três partidos confirmam essa posição”, disse o presidente do PSDB, Bruno Araújo, ao sair da reunião.

“A partir daí, inicia-se um processo entre os dois candidatos postos no qual poderemos passar para a fase seguinte de começar a construir de forma sólida essa aliança, construindo aspectos regionais e demandas que possam fortalecer essa candidatura presidencial”, afirmou Araújo.

Em conversas reservadas, o presidente do PSDB já disse que a candidatura de Doria é inviável eleitoralmente e que sua rejeição atrapalha a tentativa de reeleição do governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (PSDB). A cúpula das três siglas vai trabalhar para que Tebet seja a candidata do grupo.

“Temos consenso entre nós. Vamos ter que colocar para o partido para poder dizer esse candidato que vocês chamam de terceira via”, declarou o presidente do Cidadania, Roberto Freire.

Logo após a reunião desta quarta, Araújo comentou uma mensagem em que Doria diz que “o momento é de diálogo”. Ele elogiou o ex-governador e afirmou que “é a atitude de um líder que tem compromisso com o seu País”.

Integrantes da Executiva do PSDB vão se reunir com Doria antes de terça e tentar fazer com que ele desista de ser candidato a presidente. Ainda não há data e local definidos para o encontro.

Doria tem demonstrado resistência a abrir mão de ser candidato a presidente e já prometeu judicializar a questão. Além dele, outra ala do partido, também resiste a se aliar com o MDB.

O grupo liderado pelo deputado Aécio Neves (PSDB-MG) teme que Tebet seja boicotada pelos caciques emedebistas, que estão mais interessados em apoiar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ou o presidente Jair Bolsonaro (PL).

Aécio também rejeita a candidatura de Doria e prefere que outros nomes do PSDB entrem na disputa, como o do senador Tasso Jereissati (CE) ou do ex-governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite.