PERÍCIA

17 de outubro de 2020 at 16:28

Laudo da morte da ginasta Ana Paula Scheffer é inconclusivo, afirma IML

A atleta foi encontrada deitada em cima da cama.

 sábado, 17/10/2020, 12:30 – Atualizado em 17/10/2020, 12:30 –  Autor: Com informações do Portal do Holanda

| Reprodução

O primeiro laudo para definir a causa da morte da ginasta Ana Paula Scheffer foi inconclusivo, afirmou o Instituto Médico Legal do Paraná (IML), neste sábado (17). A atleta foi encontrada morta na última sexta-feira (16). 

A ginasta, que chegou a defender a seleção brasileira de ginástica rítmica e a ganhar uma medalha de bronze nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, em 2007, foi encontrada, por sua mãe, deitada na cama. 

Leia mais:

Ginasta Ana Paula Scheffer é encontrada morta aos 31 anos

A família da atleta, que tinha apenas 31 anos, acredita que ela possa ter sofrido um infarto fulminante. O corpo de Ana Paula passará por um novo exame. 

O velório da atleta acontece neste sábado (17). Já o sepultamento está marcado para a tarde deste domingo (18), em Toledo, Paraná. | ReproduçãoA família da atleta, que tinha apenas 31 anos, acredita que ela possa ter sofrido um infarto fulminante. | Reprodução| Reprodução| Reprodução