AGORA É OFICIAL!

14 de outubro de 2020 at 12:57

rofessor Emmanuel Tourinho é confirmado como reitor da UFPA

Além de Tourinho, está confirmado também Gilmar Pereira da Silva como vice-reitor. Ambos seguirão à frente da instituição pelo quadriênio 2020-2024.

 quarta-feira, 14/10/2020, 09:23 – Atualizado em 14/10/2020, 09:27 –  Autor: Diario Online

| Divulgação/ UFPA

Após mais de 20 dias, o professor Emmanuel Tourinho foi, finalmente, confirmado e reconduzido ao cargo de reitor da Universidade Federal do Pará (UFPA).

A decisão está publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira(14). Além de Tourinho, está confirmado também Gilmar Pereira da Silva como vice-reitor. Ambos seguirão à frente da instituição pelo quadriênio 2020-2024.

Veja:

Reprodução/DOU

PERFIL

Emmanuel Zagury Tourinho é Doutor em Psicologia (Psicologia Experimental) pela Universidade de São Paulo (1994). Atualmente, é Professor Titular da Universidade Federal do Pará, onde atua no Programa de Pós-Graduação em Teoria e Pesquisa do Comportamento. Coordena o Grupo de Pesquisa em Análise do Comportamento: Pesquisa Conceitual, Básica e Aplicada. É Bolsista 1B de Produtividade em Pesquisa do CNPq.

Tourinho foi Presidente da ANDIFES (Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior – 07/2017-07/2018), Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Federal do Pará (07/2009-02/2016), de Membro (2013-2016) e Coordenador (2014-2016) do Comitê Assessor da Área de Psicologia do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnólogico), de Coordenador da Área de Psicologia na CAPES (triênio 2008-2010), de Representante Adjunto da Área de Psicologia na CAPES (2005-2007), de Presidente do Colégio de Pró-Reitores de Pesquisa e Pós-Graduação das Instituições Federais de Ensino Superior COPROPI/ANDIFES (12/2012-11/2013), de Coordenador Regional Norte do Fórum Nacional de Pró-Reitores de Pesquisa e Pós-Graduação (2011-2012) e membro do Conselho Técnico-Científico do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia – INPA (03/2018-02/2020).