Deputado que tomou posse com esposa no colo já espancou filha e confessou sexo com animal

4 de fevereiro de 2019 at 22:50

Deputado que tomou posse com esposa no colo já espancou filha e confessou sexo com animal (Foto: Reprodução)

O deputado Amauri Ribeiro ficou conhecido por ter espancado a filha de 15 anos após encontrar fotos íntimas no celular dela (Foto: Reprodução)

A solenidade da posse dos deputados eleitos, realizada na última sexta-feira (1º), não passou despercebida e continua movimentando as conversas de internautas nas redes sociais e em portais de notícias. Um dos tópicos de discussão é o deputado estadual Amauri Ribeiro (PRP-GO), que chamou a atenção ao colocar a esposa no colo durante a cerimônia.

Conhecido pelo perfil “brigão”, por espancar a própria filha e se “aventurar sexualmente” com uma cabra em uma fazenda, o deputado apareceu também usando um chapéu, desrespeitando as orientações estipuladas no documento “Informações Regimentais” do Cerimonial.

Em entrevista à TV Assembleia, Amauri afirmou que usou o chapéu para mostrar seu estilo: “Meu estilo já fala: sou produtor rural e vou defender a classe”. E retirou o acessório apenas na execução do hino nacional.

Mas o que chamou mais atenção foi sua esposa em seu colo dentro do plenário da Assembleia Legislativa de Goiás. Ao testemunharem a cena, muitos criticaram duramente o parlamentar. “O cara trata a mulher como prêmio, como prioridade dele. Muito ódio!”, disse um. “Que pena essa mulher se sujeitar a isso”, disse outro.

Através de vídeo publicado em sua página oficial no Facebook, no último sábado (2), Amauri afirmou que a esposa cedeu o lugar onde estava para uma senhora, e além de esclarecer a história do chapéu. “Meu chapéu vai permanecer na minha cabeça, pois isso não muda quem sou, não são as vestes de um homem que definem seu caráter, visto que os maiores ladrões desse País usam terno e gravata e com certeza nunca usaram uma botina e um chapéu [sic]”, disse no vídeo.

LEIA MAIS: Deputada de Santa Catarina causa polêmica ao usar decote em posse

ESPANCOU A FILHA

Ex-prefeito de Piracanjuba (GO) e eleito deputado estadual com quase 25 mil votos, Amauri ficou conhecido por ter espancado a própria filha, que na época tinha 15 anos, após encontrar fotos íntimas no celular da jovem. Ela apanhou de cinta, fez as fotos dos hematomas e repassou à avó materna que, através de um parente, tornou a agressão pública nas redes sociais.

O caso aconteceu em novembro de 2015 e envolveu o Conselho Tutelar e o Ministério Público de Goiás. Mesmo diante as marcas nítidas de violência, muitas pessoas ficaram do lado de Amauri, justificando o ato como “exemplo de educação” ensinada dentro de casa.

VIOLENTOU UMA CABRA

A respeito do envolvimento sexual com uma cabra, o parlamentar confessou o ato durante uma entrevista realizada no dia 7 de junho de 2018 em um programa de entretenimento com personalidades políticas. Amauri contou que ele e os irmãos tiveram experiências sexuais com cabras. A confissão, feita de forma debochada, foi diante da vereadora Thaís Souza, também advogada.

Vale lembrar que zoofilia é considerada crime, conforme a Lei de Crimes Ambientais (Nº 9.605/98), que pune com detenção, de até um ano, quem abusar, ferir ou mutilar animais, sejam eles domésticos ou não.

(Com informações do Curta Mais)