Popular Tags:

Rodrigo Maia critica Sérgio Moro e diz que ministro da Justiça ‘conhece pouco a política’

21 de março de 2019 at 08:25

Por Gustavo Garcia, G1 — Brasília

 


Rodrigo Maia critica Sérgio Moro
G1 Política
Rodrigo Maia critica Sérgio Moro

Rodrigo Maia critica Sérgio Moro

Sobre as declarações do presidente da Câmara, Moro afirmou que apresentou, em nome do governo, “um projeto de lei inovador e amplo contra crime organizado, contra crimes violentos e corrupção, flagelos contra o povo brasileiro”.

“A única expectativa que tenho, atendendo aos anseios da sociedade contra o crime, é que o projeto tramite regularmente e seja debatido e aprimorado pelo Congresso Nacional com a urgência que o caso requer. Talvez alguns entendam que o combate ao crime pode ser adiado indefinidamente, mas o povo brasileiro não aguenta mais”, afirmou Moro.

Maia deu as declarações ao ser questionado sobre a postura de Sérgio Moro em relação ao andamento do pacote que enviou à Câmara com propostas de combate à corrupção, ao crime organizado, e a crimes violentos. A proposta de Moro, que contém três projetos, foi encaminhada ao Congresso em fevereiro.

“Eu acho que ele conhece pouco a política. Eu sou presidente da Câmara, ele é ministro, funcionário do presidente Bolsonaro. O presidente Bolsonaro é que tem que dialogar comigo. Ele está confundindo as bolas. Ele não é presidente da República. Ele não foi eleito para isso. Está ficando uma situação ruim para ele, porque ele tá passando daquilo que é a responsabilidade dele”, disse Rodrigo Maia.

Em outro momento da entrevista, Maia afirmou que o pacote de Sérgio Moro é uma cópia da proposta encaminhada à Câmara, no ano passado, pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes. O magistrado liderou uma comissão de juristas, que elaborou projeto para combater crime organizado e tráfico de armas e drogas.

“O projeto é importante. Aliás ele tá copiando o projeto do ministro Alexandre de Moraes. Copia e cola. Então, não tem nenhuma novidade. Poucas novidades no projeto dele. Nós vamos apensar um ao outro. O projeto prioritário é o do ministro Alexandre de Moraes”, declarou o presidente da Câmara.

Na última sexta-feira (15), Rodrigo Maia determinou a criação de um Grupo de Trabalho para analisar os projetos em um prazo de 90 dias.

O deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) e o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, após reunião na data de apresentação do pacote anticrime, na Câmara dos Deputados — Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil

O deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) e o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, após reunião na data de apresentação do pacote anticrime, na Câmara dos Deputados — Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil

Pacote anticrime e Previdência

Mais cedo, nesta quarta, Sérgio Moro disse que o pacote anticrime pode “tramitar em conjunto” com a proposta da reforma da Previdência e afirmou que mantém conversas com Rodrigo Maia.

“Nós estamos conversando muito respeitosamente com o presidente deputado Rodrigo Maia, expondo as nossas razões. E, na minha avaliação, isso pode tramitar em conjunto [sobre reforma da previdência]. Não haveria maiores problemas, mas nós vamos conversar. Estamos abertos ao diálogo evidentemente e as decisões relativas ao Congresso pertencem ao Congresso”, disse.

Questionado sobre se a criação do grupo de trabalho atrapalha o projeto, Moro disse “que o desejo do governo é que isso [projeto] fosse desde logo encaminhado às comissões”.

Em outra entrevista concedida nesta quarta, Rodrigo Maia disse que Sérgio Moro “não é deputado” ao ser questionado sobre as declarações do ministro da Justiça.

“O Moro está desrespeitando um acordo meu com o governo. O nosso acordo é priorizar a Previdência, né? Eu espero que ele entenda que hoje ele é ministro de Estado, ele está abaixo do presidente. Eu já disse a ele que esse projeto vai ser posterior à previdência, é só isso”, disse o deputado do Rio de Janeiro.

No início de fevereiro, na mesma semana em que o projeto de Moro foi apresentado ao Congresso, Rodrigo Maia afirmou que o pacote anticrime tramitaria paralelamente à Reforma da Previdência.

“Vai tramitar [projeto anticrime] em paralelo pra ele não ficar parado. Tem que tramitar, Não pode tramitar junto, são temas distintos. Mas ele vai tramitar na velocidade que atende aos interesses da sociedade em ter uma lei que endureça a pena contra o crime organizado no Brasil. É um projeto que vem em um bom momento, é importante o governo federal avance e modernize a legislação e contra a corrupção e o crime organizado. Nós vamos tramitar sem nenhum obstáculo”, disse.

Frente da Segurança Pública

De acordo com o deputado Capitão Augusto (PR-SP), coordenador da Frente Parlamentar da Segurança Pública, a intenção é terminar o relatório do Grupo de Trabalho em até três semanas, em vez dos 90 dias previstos.

“Durante a solenidade aqui eu recebi uma mensagem do presidente da Casa, Rodrigo Maia, ele acabou de me nomear relator dessa comissão especial de estudo, então é algo que depende agora de mim, para estar apresentando de uma forma muito célere e não utilizar os 90 dias. Minha intenção, até falei para o ministro Sergio Moro, pode ter certeza que eu vou me debruçar sobre esse pacote que eu quero apresentar em três semanas esse relatório, e não em 90 dias”, explicou.

Papão deve anunciar Léo Condé como seu novo treinador

21 de março de 2019 at 08:08

Papão deve anunciar Léo Condé como seu novo treinador (Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

A pós ser demitido Botafogo-SP, Leo Condé está próximo de ser anunciado pelo Paysandu. O clube que demitiu João Brigatti no fim da última rodada do Parazão, aposta no treinador de 39 anos para dar sequência ao projeto de retorno a Série B.

O comandante já recebeu o contato do clube alviceleste e precisa apenas finalizar alguns detalhes contratuais.

O treinador soma os títulos do Campeonato Alagoano (2017), Campeonato Mineiro do Interior (2015) e Copa Rio (2012).

Leo Condé chega em Belém já com a missão de comandar o Papão no clássico contra o Clube do Remo, no próximo domingo (24), no estádio Mangueirão.

Quadrilha invade barbearia em Belém e ‘toca o terror’

21 de março de 2019 at 08:01

Quadrilha invade barbearia em Belém e 'toca o terror' (Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

Quatro bandidos invadiram uma barbearia localizada no conjunto Carmelândia, bairro do Mangueirão, em Belém, na noite desta quarta-feira (20).

O grupo de criminosos tinha como objetivo assaltar o estabelecimento. No momento do assalto clientes e funcionários foram rendidos. Alguns populares perceberam a ação e acionaram a polícia.

Ao perceberem a chegada dos policiais, os criminosos fugiram do local pelos fundos. Durante a perseguição, um dos bandidos foi preso pelos agentes e os outros três conseguiram fugir.

A Polícia Militar fez buscas dos criminosos que fugiram. O detido foi apresentado na delegacia. Com ele, a polícia apreendeu um revólver calibre 38.

(Com informações de Dinan Laredo/RBATV)

Brasil pode se tornar aliado prioritário extra-Otan; saiba o que isso significa

20 de março de 2019 at 13:38

Por Lucas Vidigal, G1

Bolsonaro e Trump durante entrevista em Washington — Foto: REUTERS/Carlos Barria

Bolsonaro e Trump durante entrevista em Washington — Foto: REUTERS/Carlos Barria

O presidente norte-americano, Donald Trump, afirmou nesta terça-feira (19) que pretende tornar o Brasil um aliado prioritário extra-Otan dos Estados Unidos, após reunião com o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, em Washington.

Neste rol, estão países como Israel, Austrália e Argentina – o único sul-americano a integrar a lista. O governo norte-americano confirmou a intenção de incluir o Brasil durante encontro entre os dois presidentes. Eles ainda não oficializaram, porém, os termos da medida.

Veja perguntas e respostas sobre o Brasil se tornar um aliado prioritário extra-Otan dos EUA:

O que é um aliado prioritário extra-Otan?

Caça F/A-18 Hornet dos EUA decola de porta-aviões — Foto: Marinha dos Estados Unidos

Caça F/A-18 Hornet dos EUA decola de porta-aviões — Foto: Marinha dos Estados Unidos

Ser um aliado prioritário extra-Otan aproxima militarmente o Brasil dos Estados Unidos. Ao entrar nessa classificação, o Brasil consegue:

  • Tornar-se comprador preferencial de equipamentos e tecnologia militares dos EUA;
  • Participar de leilões organizados pelo Pentágono para vender produtos militares;
  • Ganhar prioridade para promover treinamentos militares com as Forças Armadas norte-americanas.

Ao todo, 17 países receberam essa classificação do governo norte-americano. Confira na arte abaixo.

Integrantes da Otan e países aliados prioritários extra-Otan — Foto: Roberta Jaworski/G1

Integrantes da Otan e países aliados prioritários extra-Otan — Foto: Roberta Jaworski/G1

O professor de relações internacionais da Universidade de Brasília (UnB) Juliano Cortinhas diz que os benefícios dessa parceria são mais comerciais do que essencialmente militares.

“O Brasil não tem ameaças concretas à sua soberania. E mesmo se pensarmos em termos comerciais há muitos benefícios, porque o país não tem estratégia para se inserir no mercado de equipamentos de defesa”, avaliou Cortinhas.

Em outra linha, o professor Adriano Gianturco, coordenador de relações internacionais do Ibmec-MG, não se trata apenas de um acordo meramente formal.

“É tudo muito estratégico, e, sendo assim, há um crivo pelos quais as empresas participantes [dos processos de compra e venda] devem passar”, comentou.

Exército brasileiro convidaram os EUA, em 2017, para participarem de um exercício militar na tríplice fronteira amazônica, entre Brasil, Peru e Colômbia — Foto: Exército Brasileiro

Exército brasileiro convidaram os EUA, em 2017, para participarem de um exercício militar na tríplice fronteira amazônica, entre Brasil, Peru e Colômbia — Foto: Exército Brasileiro

O acordo pretendido por Trump precisa ser formalizado – o que não ocorreu, ainda. No entanto, os professores consultados pelo G1disseram não ser claro o processo de tramitação de uma medida desse tipo. Em 2012, a então secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, declarou, unilateralmente, o Afeganistão como aliado prioritário extra-Otan.

“É meio polêmico. Alguns dizem que o Congresso precisa aprovar, alguns dizem que Trump só precisa comunicar”, analisou o professor Gianturco.

Por outro lado, o professor Cortinhas relembra que tratados de grande porte – como, talvez, a declaração do Brasil como aliado prioritário extra-Otan – precisam da aprovação pelo Congresso. Nesse caso, Trump poderia ter dificuldades porque tem minoria na Câmara dos Representantes. “Além disso, esses acordos passam por tramitação que leva muito tempo”, disse.

E o Brasil pode entrar de vez na Otan?

Novo edifício-sede da Otan em Bruxelas — Foto: Reuters/François Lenoir

Novo edifício-sede da Otan em Bruxelas — Foto: Reuters/François Lenoir

Dificilmente, responderam os professores ouvidos pelo G1. A dúvida surgiu ao longo do dia por causa da seguinte declaração de Trump durante coletiva de imprensa conjunta com Bolsonaro:

“Eu disse ao presidente Bolsonaro que eu também pretendo classificar o Brasil como aliado prioritário extra-Otan, ou mesmo, se pensarmos, em um aliado Otan”, disse Trump.

No entanto, nem o comunicado oficial da Casa Branca publicado após a coletiva de imprensa nem outras declarações do próprio presidente Bolsonaro indicaram esse passo adiante.

“Nesses casos, o que vale é o documento oficial, que passa por técnicos e assessores”, ponderou o professor Gianturco.

O especialista avaliou que a fala de Trump sobre incluir o Brasil na Otan – e não um aliado prioritário fora do grupo – não significa, necessariamente, que isso vai correr. “Políticos podem errar nos discursos, às vezes cometem erros e atos falhos”, acrescentou.

Além disso, a Otan – sigla para Organização do Tratado do Atlântico Norte – exige que todos os países integrantes aprovem a indicação de um novo membro. Algo que impediria uma decisão unilateral do governo norte-americano.

Há, a possibilidade, no entanto, de que o Brasil participe como um aliado estratégico dos países que integram a Otan – além dos Estados Unidos. Essa seria uma sinalização política, segundo o professor Cortinhas, da UnB.

“Nem tudo conversado entre os presidentes se torna definitivo. Importante lembrar da cúpula entre Trump e Kim [Jong-un, da Coreia do Norte]. Prometeram mundos e fundos e não se chegou a nada concreto”, salientou Cortinhas.

O que é a Otan?

Bandeira da Otan é hasteada em prédio do governo da Macedônia do Norte, em Skopje — Foto: Dragan Perkovksi/AP Photo

Bandeira da Otan é hasteada em prédio do governo da Macedônia do Norte, em Skopje — Foto: Dragan Perkovksi/AP Photo

A Otan foi fundada em 1949, logo no início da Guerra Fria, como um pacto militar dos países alinhados com os Estados Unidos. Após o esfacelamento da União Soviética em 1991, algumas nações que antes faziam parte do bloco comunista – como Polônia e Hungria – passaram a integrar a organização.

Um dos princípios da organização, hoje com 29 países, garante aos integrantes o princípio de defesa coletiva. Ou seja: um eventual ataque a um ou mais países-membros do grupo será encarado como uma agressão a todos os demais integrantes.

O professor de relações internacionais Carlos Gustavo Poggio, especialista em Estados Unidos, comenta que o interesse de Trump na Otan é reticente desde a campanha presidencial em 2016.

Os presidente dos EUA, Donald Trump, da França, Emmanuel Macron, e da Turquia, Tayyip Erdogan, conversam nesta quarta-feira (11) na sede da Otan em Bruxelas — Foto: Murat Cetinmuhurdar/Presidential Palace/Handout via Reuters

Os presidente dos EUA, Donald Trump, da França, Emmanuel Macron, e da Turquia, Tayyip Erdogan, conversam nesta quarta-feira (11) na sede da Otan em Bruxelas — Foto: Murat Cetinmuhurdar/Presidential Palace/Handout via Reuters

“Trump chegou a chamar a Otan de obsoleta, acusou países europeus de tirarem vantagem do acordo”, relembrou Poggio.

Trump, então, pressionou os integrantes do bloco a investirem mais em segurança – o que foi atendido pelas lideranças da Otan no ano passado, que firmaram uma meta de gastos de 2% do PIB com defesa até 2024. O norte-americano, então, elogiou a medida. “A Otan está muito mais forte agora do que há dois dias”, disse Trump, em julho.

 

Santarém será a sede do governo do Estado até sábado

20 de março de 2019 at 11:03

De hoje (20) até sábado (23) o município de Santarém, no Oeste paraense, será a capital do Estado. A sede administrativa do Governo do Pará será transferida temporariamente para a cidade. A medida faz parte do Programa Governo Por Todo o Pará, cujo objetivo é aproximar a gestão estadual da população de todo o Estado.

“Vamos visitar diversas cidades, fazer plenária para discutir o plano plurianual, inaugurar obras, visitar obras em andamento”, afirma o governador Helder Barbalho. “Vamos liberar os recursos para a retomada das obras do Hospital Materno Infantil, que vai atender Santarém e toda a região. Será uma agenda de presença de governo, para que as pessoas possam ter a consciência e absoluta certeza de que daqui pra frente é governo presente para cuidar das pessoas e cuidar da nossa gente”, complementou Helder, em vídeo divulgado em seu Twitter.

A programação começa às 10h de hoje, quando o governador fará o lançamento oficial da ação em cerimônia no auditório do campus Tapajós da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa). Após o ato de instalação do Governo por Todo o Pará, Helder se reúne com representantes das prefeituras e câmaras municipais de municípios das regiões do Xingu, Baixo Amazonas e Tapajós.

Ao longo dos quatro dias de programação, o chefe do Executivo ainda tem encontros com o procurador-geral de Justiça do Estado, Gilberto Martins, e com promotores de Justiça do Baixo Amazonas. Uma sessão especial da Assembleia Legislativa será realizada amanhã (21), às 15h, no auditório da Uepa.

PPA

Dando voz à população que vive na região do Baixo Amazonas, também amanhã ocorre a primeira audiência pública de elaboração do Plano Plurianual (PPA) 2020-2023, um dos principais instrumentos de planejamento do Estado, na medida em que estabelece as diretrizes, os investimentos estratégicos e as ações estruturantes que servirão de norte para a atuação do governo nos próximos quatro anos.

Uma série de serviços serão oferecidos aos cidadãos por meio da Ação Cidadania do Programa ParáPaz em parceria com outros órgãos do Estado, com emissão de documentos, orientação jurídica, doação e coleta de sangue, serviços de saúde, palestras e atividades culturais. Os serviços ficarão concentrados na Escola Madre Imaculada.

Na pauta, vistorias e inaugurações      

Até sábado, serão entregues obras importantes para a região, como a inauguração do Ginásio Poliesportivo do 3º BPM Sargento Kenedy, em Santarém; da agência do Banpará em Porto de Moz; e a entrega da reforma e ampliação da Escola Estadual Everaldo Martins no município de Trairão. Helder ainda participa da inauguração do PrevBarco II, do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), e do lançamento do Projeto de Turismo do Sebrae para região do Baixo Amazonas.

O governador também fará visitas técnicas ao Hospital Regional do Baixo Amazonas e ao Estádio de Futebol Barbalhão. Da mesma forma, as obras do Ginásio Poliesportivo de Santarém, do Terminal Hidroviário de Santarém e do Hospital Regional de Itaituba serão fiscalizadas. (Com informações da (Agência Pará)

Polícia recupera parte de carga roubada e assaltante morre

19 de março de 2019 at 13:08

Polícia recupera parte de carga roubada e assaltante morre (Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

A Polícia Civil já identificou parte de uma associação criminosa responsável por roubos de cargas com atuação na região da rodovia PA 140, em Bujaru, no nordeste do Pará.

Parte das cargas roubadas já foi recuperada pela equipe de policiais civis da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas (DRFC), da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO). Durante as investigações, um dos envolvidos nos crimes trocou tiros com a equipe policial e acabou baleado. Socorrido com vida, porém ele não resistiu.

Conforme o delegado Gabriel Batista, titular da Delegacia, as investigações vem sendo intensificadas nos últimos meses para capturar os integrantes do grupo.

O último fato criminoso cometido pelo grupo ocorreu na quarta-feira passada (13), quando foi subtraída parte de uma carga de uma empresa terceirizada do ramo de postagens e entregas.

As investigações mostraram que os envolvidos no crime são Rodrigo dos Anjos Sousa, Valdeci dos Anjos de Sousa, Bruno Weverton Vinicius Trindade Maciel e outros dois homens ainda não identificados.

“Eles vêm reiteradamente praticando assaltos na região”, ressalta o delegado. Ainda, conforme o policial civil, durante as investigações, foi recuperada parte da carga subtraída nesse assalto. Uma arma de fogo, celulares e até uma máscara usada nos crimes foram apreendidos.

Ao tentar efetuar a prisão de Bruno Weverton Vinicius Trindade Maciel, um dos acusados, em sua residência, em Bujaru, ele reagiu a abordagem policial com disparos contra os policiais civis que tiveram de salvaguardar suas integridades físicas revidando a tiros. O acusado foi atingido e ainda socorrido até o hospital municipal, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde. As investigações prosseguem para capturar os demais envolvidos no grupo.

(Com informações da Polícia Civil)

 

Menino Jesus ‘chora sangue’ e emociona e intriga moradores; veja o vídeo

17 de março de 2019 at 17:58

Menino Jesus 'chora sangue' e emociona e intriga moradores; veja o vídeo (Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

A fé é uma das características do ser humano que o diferenciam das demais espécies de animais. Apesar da ideia de espiritualidade parecer abstrata, muitas pessoas não deixam que a realidade abale esse sentimento.

Uma imagem de um “Menino Jesus” viralizou ao parecer que está chorando sangue. O caso aconteceu em uma cidade a 42 km de Acapulco, no México. A localidade é considerada uma das mais violentas do país.

Segundo uma moradora local, o fenômeno teria começado no dia 1º de janeiro de 2019.

Veja mais:

Para algumas pessoas, o caso seria um milagre, uma mensagem divina. Porém, outros moradores dizem se tratar de um mau presságio, algo “diabólico” e há quem diga, também, que o caso pode ser mais um de charlatanismo.

​”Muitos dizem que é uma coisa má, outros dizem que é uma mensagem de Deus, cada um com sua própria fé, mas a verdade é que muitos de nós estamos convencidos de que ele chorou sangue inclusive nos braços das pessoas quando o carregam”, conta a moradora.

O sacerdote Juan Carlos Flores Rivas explicou que a igreja católica está investigando o caso, para proteger os paroquianos de serem enganados por sua fé.

“Quem sabe se estamos diante da presença de um verdadeiro milagre ou de mais um esquema para enganar os moradores desavisados de uma das povoações mais perigosas do mundo”, disse Juan. A média de assassinatos na cidade é de 110,5 por 100 mil habitantes.

Confira:

El Sol de México

¿Mensaje divino? Aseguran que este niño Dios llora sangrehttps://goo.gl/kmHFss 

(DOL com informações de SputnikNews)

Morre ex-prefeito de Belém Fernando Coutinho Jorg

17 de março de 2019 at 16:13

Morre ex-prefeito de Belém Fernando Coutinho Jorge (Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

O ex-prefeito de Belém Fernando Coutinho Jorge faleceu neste domingo (17) na cidade de Brasília, no Distrito Federal. Fernando – que era bacharel em Ciências Econômicas –  também atuou como deputado federal, senador e ministro do Meio Ambiente no governo Itamar Franco.

Coutinho Jorge foi eleito prefeito de Belém no ano de 1985. Antes, ele havia atuado como deputado federal no ano de 1982, pelo MDB. Foi eleito, ainda, senador pelo Estado do Pará, em 1990, e escolhido para atuar como ministro do Meio Ambiente no governo Itamar Franco, entre os anos de 1992 e 1993.

Mais informações em instantes.

(DOL)

Motorista embriagado atropela e mata jovem na Almirante Barroso

16 de março de 2019 at 10:26

Motorista embriagado atropela e mata jovem na Almirante Barroso (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Suspeito foi preso em flagrante apos voltar ao local do acidente e ser reconhecido pelas testemunhas. (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Uma mulher de 22 anos, identificada apenas como Natalia, morreu após ser atropelada por um carro de passeio na madrugada deste sábado (16), na avenida Almirante Barroso, no bairro do Souza, em Belém.

O acidente foi registrado por volta das 4h10. O atropelador fugiu do local sem prestar socorro à vítima, no entanto, testemunhas conseguiram anotar os dados do veículo.

De acordo com a Polícia Civil, minutos após o atropelamento, enquanto os policiais militares aguardavam a remoção do corpo, o condutor do veículo atropelador retornou a pé ao local do atropelamento e foi reconhecido por testemunhas.

O motorista, identificado como Filipe Souza Cunha, de 24 anos, foi detido e conduzido para a Seccional Urbana da Marambaia.

Com sintomas de embriaguez, o motorista foi autuado em flagrante pelos crimes de homicídio culposo no trânsito, por alcoolemia (conduzir veículo sob efeito de bebida alcoólica), pela omissão de socorro à vítima e pela fuga do local do atropelamento, segundo a PC.

(DOL)

Casos de violência e ameaças em escola de Belém assustam

16 de março de 2019 at 09:54

Casos de violência e ameaças em escola de Belém assustam (Foto: Mauro Ângelo)

Professores de uma escola em Belém fizeram uma reunião de emergência com a Seduc após um aluno entrar com uma faca (Foto: Mauro Ângelo)

Não foi uma manhã comum na Escola Estadual Professor Renato Pinheiro Conduru, ontem (15). As aulas foram suspensas no meio da manhã para que diretores, coordenadores e professores pudessem se reunir com representantes da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) para tratar dois casos de violência e insegurança que envolveram a unidade esta semana.

Na tarde da última quinta-feira (14), um dos alunos – menor de 18 anos de idade – tentou entrar armado com uma faca na unidade, que fica no conjunto Promorar, bairro de Val-de-Cans. A situação ocorreu no mesmo dia em que vídeos e áudios gravados por outros alunos da escola anunciavam uma ação semelhante ao ocorrido em Suzano (SP), onde dois jovens armados assassinaram 10 pessoas dentro de uma escola, em seguida cometeram suicídio.

Passava das 9h30 quando as turmas de Ensino Fundamental da escola começaram a ser liberadas pelos professores. Pais, mães e responsáveis, tão logo souberam que as aulas tinham sido suspensas foram buscar os filhos no colégio com medo do que estava acontecendo. Todos comentavam que tinham ouvido das situações de violência que ameaçavam o ambiente escolar.

A dona de casa Maria Lourdes Oliveira, 37 anos, tem dois filhos matriculados na escola Renato Conduru, sendo que um estuda pela manhã e outro, à tarde. “Vim buscar um deles porque estou com medo. Não sei o que pode acontecer”, dizia. “O que estuda à tarde não virá hoje (ontem) para aula que não vou deixar”, respondeu ao ser questionada sobre o outro filho.

LEIA TAMBÉM:

Ameaça de atentado em escola de Santarém mobiliza polícia

Estudante ameaça cometer massacre em escola de Manaus e causa pânico

Após massacre em Suzano, mensagens de ataques em escolas paraenses circulam


(Foto: Mauro Ângelo/Diário do Pará)

TENSÃO

Entre os alunos que voltavam para casa ainda pairava muitas dúvidas e também a sensação de insegurança. Uma estudante do 3º ano contou que a turma dela estava sobressaltada. Eles, inclusive, já traçaram um plano de fuga da sala de aula, caso a escola seja mesmo invadida por pessoas armadas. “A gente vai correr por um corredor e tentar pular o muro”, projetou a garota.

Uma funcionária do colégio, que pediu para não ser identificada, conversou com a reportagem e relatou que a direção estava em reunião com representantes da Seduc para tratar do assunto, mas que nem eles também tinham certeza do que estava acontecendo. Um professor, que também teve o nome preservado, ressaltou que a coordenação da escola e os demais professores estão tratando o caso do vídeo com ameaças como uma “brincadeira de mau gosto” e que os pais dos alunos envolvidos com o material já tinham sido chamados para comparecer na escola.

Vizinha da escola, a moradora Francisca Oliveira ressaltou estar assustada com o que está acontecendo. Ela disse que estudou na unidade e lamenta que a realidade de insegurança possa atrapalhar o ensino. “É uma escola boa, com professores dedicados”, pontuou. “Mas infelizmente esse medo, esse perigo, agora está no coração de todos os brasileiros”, desabafou.

A Seduc informou que tomou conhecimento do material audiovisual ainda na noite de quinta-feira (14) e que, juntamente com a direção da escola, identificaram os dois alunos que aparecem nas imagens e vão tomar as medidas cabíveis. Ainda, segundo a secretaria, os dois estudantes foram encaminhadas para a Divisão de Atendimento ao Adolescente (Data), onde o caso foi registrado. Uma equipe da Companhia Independente de Policiamento Escolar (CIPOE) foi designada para fazer a segurança preventiva da escola. A Polícia Civil informou que uma equipe da Seccional da Sacramenta começou a apurar as informações sobre o estudante que teria tentado entrar armado com uma faca no prédio. Até o final da manhã de ontem (15), ainda não havia registros em nenhuma delegacia e nem na Data sobre esta situação.

OUTRO CASO: FAKE NEWS EM SANTARÉM

Em Santarém, a polícia abriu inquérito para investigar quem espalhou uma notícia falsa (fake news) que alertava para um atentado na Escola Álvaro Adolfo Siqueira, no bairro de Santa Clara.

As ameaças e anúncios de atentado se espalharam pelas redes sociais e mostravam inclusive uma imagem de dois revólveres e mais munições que seriam usados na ação criminosa. A Seduc já constatou que as ameaças se tratam de uma mentira que foi arquitetada para espalhar pânico entre a comunidade escolar.

(Denilson D’Almeida/Diário do Pará)